Apucarana

Professora Maria Onide será velada e sepultada neste domingo

Ela acumulava 40 anos de trajetória no magistério

Da Redação ·
Ela será velada na capela mortuária, das 8h as 10h da manhã e sepultada em seguida no cemitério da Saudade.
fonte: Reprodução / Redes sociais
Ela será velada na capela mortuária, das 8h as 10h da manhã e sepultada em seguida no cemitério da Saudade.

A professora e ex-chefe do Núcleo Regional de Educação, Maria Onide Balan Sardinha de 67 anos, que faleceu neste sábado (08), vítima da Covid-19, será velada e sepultada neste domingo (09), em Apucarana.

continua após publicidade

Segundo informações de familiares, ela será velada na capela mortuária, das 8h as 10h da manhã e sepultada em seguida no cemitério da Saudade.

Maria Onide já acumulava 40 anos de trajetória no magistério, tendo atuado em várias escolas públicas e privadas. Como servidora de carreira do Estado do Paraná, foi guindada à chefia do Núcleo Regional de Educação de Apucarana, cargo que ocupou por mais de dez anos. Com mestrado em educação prestava serviços ao Ministério da Educação, na avaliação de cursos superiores. 

continua após publicidade

De acordo com familiares, Maria Onide vinha lutando pela sua vida há cerca de trinta dias, desde que foi diagnosticada com Covid-19. A professora deixa esposo, Luiz Alberto Sardinha, e os filhos William, Wellington (ambos residindo na Austrália),  e o caçula Vinicius, além de noras e netos, e um vasto  círculo de amigos em Apucarana e região. 

A prefeitura de Apucarana e a Câmara Municipal da cidade emitiram nota de pesar pelo falecimento da professora.