Professor denunciado por alunas em Apucarana é indiciado por assédio sexual - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    Professor denunciado por alunas em Apucarana é indiciado por assédio sexual

    Foto por
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

     A Delegada da Mulher de Apucarana Sandra Nepomuceno, confirmou nesta segunda-feira (15), o indiciamento do professor citado pela hastag, Exposed Apucarana. “Já concluímos o inquérito policial  e encaminhamos ao Ministério Público”, disse. O procedimento da Polícia Civil se deu em face das denúncias formalizadas por onze alunas que aderiram à campanha pelas redes sociais. “Esse movimento nas redes sociais fortaleceu as jovens que denunciaram o caso na Delegacia, elas ganharam força, coragem e repercussão”, explica.

    O número de vítimas foi determinante para a instauração de inquérito policial e caso seja condenado, o professor pode pegar até 16 anos de condenação, em razão do “concurso material”, que se dá quando há um acúmulo de denúncias na mesma situação com as penas somadas. A delegada disse que a exposição do caso pela imprensa e redes sociais, não influenciou no indiciamento. “Importante foram os depoimentos das vítimas na delegacia”, enfatiza.

    Segundo ela até agosto, a promotoria deve decidir se oferece ou não a denúncia contra o professor de física. “Caso o Ministério Público ofereça a denúncia inicia-se a ação penal e a defesa poderá se manifestar em juízo”. O advogado constituído para atender o professor, já teve acesso aos autos de inquérito policial e deve se pronunciar agora na fase judicial.

    O caso citando a hastag #ExposedApucarana nas redes sociais, veio a tona a partir do dia 28 de maio e ganhou repercussão nacional pela quantidade das situações relatadas envolvendo o mesmo suspeito.

    TNTV
    TNTV

    Como reestruturar e garantir a sobrevivência do meu negócio?

    Deixe seu comentário sobre: "Professor denunciado por alunas em Apucarana é indiciado por assédio sexual"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.