Apucarana

Professor de artes marciais é preso pela PRF após agredir mulher em Apucarana

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Professor de artes marciais é preso pela PRF após agredir mulher em Apucarana
Professor de artes marciais é preso pela PRF após agredir mulher em Apucarana

Um professor de artes marciais, visivelmente embriagado, foi preso na noite de sábado (11), após agredir a companheira em Apucarana. O flagrante foi feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por volta das 21h00, no quilômetro 247 da BR-376. 

continua após publicidade

Usuários da rodovia entraram em contato com a Unidade PRF de Apucarana, informando que o condutor de um veículo Honda/Fit, com placas de Curitiba, estava agredindo uma mulher e a arrastando para o interior do veículo.

Na abordagem, constatou-se que o condutor, um homem de 28 anos, que alegou ser professor de artes marciais, estaria na companhia de sua companheira, de 42 anos, que desembarcou rapidamente do veículo alegando que tinha sido agredida. A vítima possuía lesões em face e membros.

continua após publicidade

O condutor, que apresentava sinais visíveis de embriaguez, foi submetido ao teste de etilômetro, que constatou altíssima concentração de álcool em seu organismo, 0,40 miligramas por litro de ar expelido pelos pulmões.

Além de autuado por embriaguez com multa se R$ 2.934,70, o professor foi preso em flagrante pelos crimes do Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro  - Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, com pena de detenção, de 3  meses a 3 anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor e lesão corporal, com pena de  detenção, de 3  meses a 3  anos.

 A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Apucarana.

Tags relacionadas: #Apucarana #violência