Apucarana

Prodígio em geografia, apucaranense de 2 anos reconhece bandeiras de mais de 100 países

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Prodígio em geografia, apucaranense de 2 anos reconhece bandeiras de mais de 100 países
fonte: Arquivo pessoal
Prodígio em geografia, apucaranense de 2 anos reconhece bandeiras de mais de 100 países

Quantas bandeiras de países e times você conhece? Sabe de “cabeça” todas capitais dos estados brasileiros? Difícil responder. Porém, para o pequeno apucaranense Pedro Lenharo, de apenas 2 anos e oito meses, essa é uma tarefa fácil. Pedrinho, como é chamado carinhosamente por familiares e amigos, sabe todas as capitais do Brasil, mais de 100 bandeiras de países, além de bandeiras de times de futebol nacionais e internacionais.

continua após publicidade

Os pais de Pedrinho, Adan e Simone Lenharo, de Apucarana, contam que o pequeno sempre teve facilidade para aprender nomes e eles aproveitaram para incentivá-lo. “É tudo uma brincadeira. Ele é um menino ativo que tem facilidade de aprender sobre capitais e bandeiras”, explica. Quando o pai fala os estados, Pedrinho responde sem pensar muito.

A mãe do menino prodígio conta que ela e o marido sempre que não sabem responder alguma capital, correm para conferir a resposta no Google. “A gente busca sempre dar atenção para ele, ainda mais quando ele pergunta. Se ele faz alguma questão que não sabemos, corremos para o Google. Até ele já sabe que o Google tem as respostas”, conta.

continua após publicidade

Questionado sobre saber os nomes das bandeiras, Pedrinho não pensa duas vezes e responde que gosta muito. “Gosto muito das bandeiras, reconheço todas”, responde o pequeno. 

Menino prodígio

Pedrinho identifica todas as bandeiras do mundo e dos Estados Brasileiros; todas as capitais brasileiras e quase 100 ao redor do mundo; o escudo e os hinos de todos os times do Campeonato Brasileiro e alguns da Champions League (Europa); mais de 50 hinos nacionais; cantando alguns, inclusive no idioma; fala mais de 100 palavras em inglês, inclusive em contagens numerais; e canta de cor e salteado os hinos de Apucarana, do Paraná e do Brasil. 

continua após publicidade

Assista a entrevista: