Apucarana

Procura por viagens em Apucarana aumenta 30% em dezembro

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Procura por viagens em Apucarana aumenta 30% em dezembro
fonte: Divulgação
Procura por viagens em Apucarana aumenta 30% em dezembro

Mesmo em meio a pandemia, a procura por pacotes de viagens para este final de ano aumentou em 30% em Apucarana no mês de dezembro. A maioria dos passageiros já adiantou as compras e adquiriu pacotes com pelo menos 3 meses de antecedência. A principal mudança foi em relação aos destinos: os locais escolhidos são mais próximos de casa.

continua após publicidade

De acordo com o consultor de viagens da Agência VMM em Apucarana João Felipe Maistrovicz, os viajantes estão escolhendo destinos como hotéis e resorts, aqui mesmo no Paraná. “A procura por hotéis e resorts aqui no Paraná e em Santa Catarina é a solução que muitos clientes estão encontrando para não deixar de fazer uma viagem. Além de terem um preço acessível, possuem uma ótima estrutura e entretenimento para toda a família e assim eles podem ir com seu próprio carro”, observou.

O consultor explica que a pandemia mudou muito toda a forma de negociar os pacotes de viagem, que acabaram ficando mais caros. “Praticamente todos os hotéis do Brasil estão operando somente com 50% da sua capacidade e as cias aéreas reduziram em mais de 60% os números de linhas aéreas em determinadas cidades. Isso fez com que muitos pacotes se esgotassem rapidamente e tendenciosamente os preços subiram muito”, explicou.

continua após publicidade

Maistrovicz orienta os viajantes a procurarem organizar suas viagens com antecedência, para conseguir negociar um melhor preço. “Feriados de fim de ano e períodos de alta temporada os preços dos pacotes tendem subir até 60% do que em outros períodos. Sempre sugerimos aos clientes que possuem flexibilidade de data que escolham um outro período para realizar viagem e assim ter acesso a um preço muito menor naquele mesmo destino”, pontuou.

Ele alerta ainda aos cuidados que devem ser tomados na hora de fechar um pacote de viagem e a importância de sempre procurar uma agência especializada para que os direitos do cliente sejam garantidos em caso de desistências. “Infelizmente, com o aumento de casos de covid, muitas pessoas desistem de viajar ou optam pelo adiamento ou cancelamento da viagem, ou os próprios hotéis ou cias aéreas ocasionam o cancelamento da viagem do passageiro. Situações assim exigem muita paciência. A Medida Provisória 925 e 948, que posteriormente foram convertidas na Lei 14.034/20 e Lei 14.036/20 tratam da proteção e direitos do passageiro que tiveram seu voo ou sua hospedagem afetados pela pandemia. Estas leis protegeram bastante os passageiros, mas deram aos hotéis e cias aéreas brechas para tornar este processo muito lento”, finalizou o consultor.

Tags relacionadas: #AUMENTO #PROCURA #Viagens