Apucarana

Prefeitura de Apucarana sofre ataque de hackers

Da Redação ·

O sistema de tecnologia que gerencia serviços online e todo o banco de dados da Prefeitura de Apucarana está sendo alvo de hackers. Na semana passada, um hacker intitulado VandaTheGod tentou, sem sucesso, quebrar a criptografia do sistema. Desde ontem, novas e sucessivas tentativas passaram a ser feitas. A Prefeitura registrou Boletim de Ocorrência na 17ª Subdivisão Policial  e está tomando medidas jurídicas para investigar o caso e apurar a autoria dos ataques.

continua após publicidade

De acordo com André Burin, superintendente do Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), desde que começaram os ataques o setor tomou providências para aumentar os níveis de segurança. “Com isso, alguns serviços tiveram que ser indisponibilizados, entre os quais estão o protocolo web, processos seletivos como o de residência médica e o de abastecimento veicular”, cita Burin.

Burin informa que o primeiro ataque ocorreu no dia 4 de novembro. “O hacker intitulado VandaTheGod conseguiu apenas  inserir um conteúdo de apresentação no sistema, mas sem afetar o banco de dados, arquivos ou qualquer informação do sistema”, explica o superintendente do DTI.

continua após publicidade

Novos ataques passaram a acontecer a partir da última segunda-feira (09), sem que desta vez houvesse a identificação do hacker. “Foram feitas várias requisições simultâneas no sistema de protocolo da Prefeitura, com a finalidade de sobrecarregar o sistema e quebrar a segurança”, esclarece.

Burin frisa que a Prefeitura possui as ferramentas de segurança necessárias e que todas as tentativas não obtiveram êxito. “Estamos tomando todas as providências técnicas para elevar ainda mais os níveis de segurança e, ao mesmo tempo, tomando as medidas judiciais e policiais cabíveis”, reitera.

Burin lembra que no Brasil muitos órgãos públicos vêm sendo alvo de hackers, como ocorreu recentemente com o Superior Tribunal de Justiça (STJ). “É um ambiente de referência e que acabou sendo alvo destes criminosos. Sabemos que os órgãos públicos estão também sujeitos a este tipo de ataque e, por isso, estamos buscando melhorar cada vez mais a segurança para continuar disponibilizando os serviços e manter a integridade dos dados armazenados”, ressalta o superintendente do DTI.