Mais lidas

    Apucarana

    GOVERNO FEDERAL

    Prefeitura de Apucarana quer assumir quatro obras

    Prefeitura de Apucarana quer assumir quatro obras
    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 12.04.2021, 10:08:11 Editado em 12.04.2021, 10:07:41
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O prefeito Junior da Femac de Apucarana encaminhou um ofício, no início deste mês, ao presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), Marcelo Lopes da Ponte, solicitando a autorização para que o município conclua, com recursos próprios, a construção de uma escola no Jardim Interlagos e de três centros infantis no Núcleo Afonso Alves de Camargo, Residencial Sanches dos Santos e Jardim Catuaí. As quatro obras estão sendo feitas com recursos do governo federal, porém encontram-se estagnadas devido à interrupção dos repasses financeiros previstos nos convênios.

    “Nós temos urgência na conclusão das obras, tendo em vista que precisaremos de um número maior de prédios para acolher as crianças apucaranenses, com o devido distanciamento social, no contexto da retomada das aulas presenciais pós-pandemia. A proposta que fizemos ao presidente do Fundeb prevê a lavratura de aditivo contratual aos convênios, de tal modo que o município possa concluir as construções com recursos próprios e ser reembolsado posteriormente,” explicou o gestor.

    De acordo com o projeto de engenharia, a Escola Municipal José Domingos Scarpelini, no Jardim Interlagos, terá doze salas de aula e capacidade para atender 420 crianças. O valor total do investimento é da ordem de R$ 4.531.166,53.  “A obra começou em janeiro de 2019, mas apenas 52% dos serviços foram executados até hoje. O governo federal repassou somente R$ 1.811.042,35 do que estava previsto. A construção dessa unidade de ensino é uma reivindicação antiga dos moradores da região,” lamentou a secretária de educação, Marli Fernandes.

    A construção do CMEI do Jardim Catuaí é a que está mais adiantada, com 71,44% dos serviços concluídos. “A obra está em fase de acabamento, mas dependemos de aporte financeiro para que ela possa continuar avançando. O prédio possui seis salas de aula, cozinha, refeitório, depósito para a merenda escolar, lavanderia, sanitários, fraldário, lactário, solários, entre outros ambientes,” detalhou a superintendente de Engenharia e Obras da Autarquia Municipal de Educação, Miriam Elena Favaretto Corbacho. O investimento soma R$ 1.758.973,01.

    Orçado em R$ 1.908.100,37, o CMEI do Residencial Sanches dos Santos está com 64,87% da obra executada. O prédio tem área de 890 metros quadrados e seis salas de aula.  “A região norte da cidade cresceu muito nos últimos anos e o CMEI Izabel Holak, que é o mais próximo, não tem conseguido suprir toda a demanda por vagas,” disse a secretária de educação.

    A população do Núcleo Afonso Camargo também aguarda o término da construção de um centro infantil para suas crianças. O andamento da obra está em 57,61%. O valor total do investimento é de R$ 1.772.867,08.

    “Nós esperamos que o presidente do Fundeb analise o ofício que encaminhamos com bastante urgência e, se possível, responda positivamente ao nosso pedido. Os apucaranenses não podem esperar mais pela construção dessas quatro unidades de ensino,” afirmou o prefeito.

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Prefeitura de Apucarana quer assumir quatro obras"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.