Apucarana

Prefeito obtém apoio de Romanelli contra pedágio

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Prefeito obtém apoio de Romanelli contra pedágio
fonte: Prefeitura
Prefeito obtém apoio de Romanelli contra pedágio

Em agenda mantida em Curitiba, com o 1º Secretário da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB), o prefeito Junior da Femac obteve o apoio do parlamentar na luta contra a implantação de uma nova praça de pedágio na BR-376, entre Califórnia e Apucarana.

continua após publicidade

Acompanhado do seu vice-prefeito, o advogado Paulo Sérgio Vital, Junior da Femac justificou a busca do apoio de Romanelli, por ser um estudioso e profundo conhecedor do processo de concessão de rodovias. “Apresentamos a ele nossos argumentos para não permitir a instalação de uma praça de pedágio entre Apucarana e Califórnia. Isso seria muito prejudicial aos estudantes universitários e aos trabalhadores em geral da região, que diariamente se deslocam para Apucarana”, comentou Junior da Femac.

O prefeito disse que também pediu apoio para Apucarana, na luta em defesa da tarifa mínima e sem outorga. “Estamos completando 25 anos de concessões, pagando tarifas elevadas e ainda com várias obras não executadas, como é o caso, do trecho de 56 quilômetros da Rodovia do Café, entre Apucarana e Ponta Grossa, que ainda não foi duplicado”, argumentou Junior da Femac.

continua após publicidade

Ao avaliar a situação colocada pelo prefeito de Apucarana, o deputado estadual Luiz Cláudio Luiz Romanelli disse que o trecho da BR-376, entre Califórnia e Apucarana, é completamente inviável para a criação de uma nova praça de pedágio. “Trata-se de um tráfego local e quase urbano, com as cidades muito próximas e conectadas no seu cotidiano. O pedágio iria penalizar duramente estudantes, trabalhadores e famílias que buscam atendimento médico-hospitalar”, criticou Romanelli, que estuda as concessões de rodovias há 30 anos.

O deputado aproveitou o encontro para tecer elogios à reunião comunitária convocada pelo prefeito Junior da Femac em Apucarana, como forma de preparar as lideranças para a discussão desse importante tema nas audiências públicas previstas para esta semana. “Prefeitos de todas as regiões do Paraná deveriam ter esta mesma conduta adotada pelo Junior da Femac, de Apucarana”, enalteceu Romanelli.

O deputado estará em Apucarana na sexta-feira, dia 26, em audiência promovida pela Frente Parlamentar, que já realizou audiências em Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina, Cornélio Procópio, Guarapuava e Francisco Beltrão. Romanelli assinala que os paranaenses vêm demonstrando uma grande contrariedade ao modelo proposto pelo Governo Federal. “É um posicionamento majoritário. Não há espaço para a cobrança de taxa de outorga, que é um novo tributo a ser cobrado dos paranaenses. Valores que vão impactar e manter as tarifas altas no Paraná. Queremos um processo transparente, competitividade, tarifas baixas e obras”, defende.

Tags relacionadas: #APOIO #Apucarana #pedágio