Apucarana

Prefeito anuncia projeto de restaurante popular em Apucarana

Com refeições a R$ 2,00, o empreendimento será custeado com recursos do município.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Prefeito anuncia projeto de restaurante popular em Apucarana
Prefeito anuncia projeto de restaurante popular em Apucarana

Apucarana já tem planejada a estruturação de um restaurante popular municipal, com refeições a R$ 2,00. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo prefeito Junior da Femac, citando que o empreendimento será custeado com recursos do município.

continua após publicidade

“Em Apucarana ninguém vai passar fome. Ainda nesta semana vamos nos reunir com membros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional para tratar desta proposta”, informou Junior da Femac.

Conforme lembra ele, já existem atualmente ações concretas nesta área, mas a implantação de um restaurante popular municipal será o próximo passo. “A Secretaria de Assistência Social distribuiu em agosto e setembro 3.167 cestas básicas para famílias cadastradas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS)”, revelou.

continua após publicidade

Ainda neste campo, a prefeitura mantém o Centro Pop que serve uma média de 1.500 refeições por mês; e o Centro Dia que serve alimentos aos idosos. E, em outra frente, o município repassa cestas de alimentos para diversas entidades sociais, que contemplam um número significativo de famílias.

A secretária de assistência social, Ana Maria Nazarko, diz que o diálogo do prefeito com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional começa de imediato. “Vamos discutir a proposta do restaurante popular, avaliar a demanda e estrutura necessária de espaço físico e equipamentos, além de mão de obra”, pontua a secretária.   

Ana Paula Nazarko informa ainda que nesta semana as servidoras Eliana Rocha e Ana Maria Shimidt estarão em Curitiba, para ver modelos de restaurantes populares já implantados.

O prefeito Junior da Femac assinala que a segurança alimentar é a garantia de todas as dimensões que inibem a ocorrência da fome. “É preciso dispor de acesso permanente a alimentos e pleno consumo sob o ponto de vista nutricional”, frisa ele.