Apucarana

Polícia prende homem no Sumatra por envolvimento em assassinato

O crime aconteceu em Marumbi no último dia 5 e o rapaz foi detido no residencial Sumatra, em Apucarana, na tarde desta terça-feira (26)

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Equipes do C.O.P.E. - Centro de Operações Policiais Especiais de Curitiba e investigadores da Polícia Civil de Jandaia do Sul prenderam um homem suspeito de envolvimento em um assassinato que aconteceu no começo deste mês. O crime aconteceu em Marumbi no último dia 5  e o rapaz, de 27 anos, foi detido no residencial Sumatra II, na tarde desta terça-feira (26). 

continua após publicidade

De acordo com o delegado Gustavo Pinheiro, de Jandaia do Sul, o crime aconteceu após a vítima furtar a residência do autor do homicídio e após o assassinato o suspeito deixou o município de Marumbi. "A vítima furtou a residência do autor e no mesmo dia ele acabou abordando a vítima na rua e efetuou os disparos, que acabou matando, depois do crime ele fugiu da cidade e não sabíamos onde ele estava, com o apoio do COPE, localizamos ele em Apucarana, com apoio também dos investigadores de Apucarana", contou o delegado. 

Conforme o investigador Moreira, do C.O.P.E, equipes de Curitiba chegaram em Apucarana no domingo (24). “Chegamos no domingo (24) e ficamos até esta terça (26) em diligência. Quando fomos até a casa do suspeito, fomos recebidos pela esposa dele e quando entramos o encontramos o homem sentado no sofá junto da pistola 9mm, possivelmente a que foi usada para o crime”, relata.

continua após publicidade

No momento em que os policiais chegaram, ainda segundo o investigador, o autor do crime pensou em reagir, mas desistiu e foi preso na tarde desta terça (24). “Estávamos em três policiais e bem armados. Ele não teve chance. O homem preso é perigoso e responde por roubo, estupro, porte ilegal de arma de fogo e dois mandados de prisão: um pela fuga e outro pelo homicídio”, acrescenta.

De acordo com o investigador, na casa os policiais ainda encontraram 160 gramas de crack e 20 munições intactas. “Nossa equipe contou com o apoio das delegacias de Apucarana e Jandaia do Sul, que fizeram todo esforço para que esse indivíduo fosse preso”, observa.

Relembre o crime:

continua após publicidade

Jovem de 29 anos executado a tiros em Marumbi é identificado

O jovem de 29 anos executado na noite desta terça-feira (5) em Marumbi já foi identificado. Trata-se de Danilo Xavier Abrantes. O rapaz foi morto a tiros por volta das 20 horas na Rua Orival Mangolin, na divisa entre os conjuntos Adhemar Rejani e Brígida.

Testemunhas afirmam que a vítima estava na rua quando foi surpreendida por vários disparos de arma de fogo. Os atiradores estavam em um carro que fugiu do local do crime após os disparos. Segundo informações do Setor de Homicídios da Delegacia de Jandaia do Sul, que está investigando o caso, a vítima tinha registro criminal anterior por caso de violência doméstica;

continua após publicidade

Segundo a polícia, o rapaz seria usuário de drogas e estava, inclusive, afastado dos familiares por esse motivo. As investigações foram iniciadas na noite do crime, quando a Polícia Civil ouviu testemunhas. O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana.  Peritos do Instituto de Criminalística também estiveram no local.

Quando retornavam da investigação, por volta das 23h30, os peritos se envolveram em uma ocorrência que resultou na apreensão de mais de 300 kg de maconha na BR-369.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News