PM de Apucarana registra aumento de 8,4% de violência doméstica - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    PM de Apucarana registra aumento de 8,4% de violência doméstica

    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Nestes últimos meses, um dado estatístico está chamando a atenção. Desde que iniciou-se a pandemia do coronavírus, o 10º BPM de Apucarana vem constatando um aumento das situações de agressões a mulheres. Somando a quantidade de situações atendidas e constatadas tanto pela Polícia Militar quanto pela Polícia Civil em Apucarana, o número de janeiro a maio de 2019 foi de 690 ocorrências. No mesmo período deste ano foram 748, um aumento de 8,4%. 

    Outro dado que chama atenção são as ocorrências atendidas que não geram representação da vítima. Segundo a PM, são ligações feitas pela própria vítima, vizinhos, ou familiares informando da situação de violência doméstica, mas quando chega ao local a mulher não quer representar. Estas ligações subiram de 187 em 2019, para 333 em 2020, um aumento de 78,07%.   

    Para a corporação, o aumento deste tipo de situação ocorre por medo de possíveis represálias do companheiro após a representação. O comando do 10ºBPM orienta as mulheres que sofrem qualquer tipo de violência, seja esta física ou psicológica, que existem locais de apoio, como a Delegacia da Mulher (43) 3423-0972 e também o Centro de Atenção a Mulher (CAM - 0800 645 4479), que conta com profissionais como psicóloga e trabalhos para ajuda financeira. Porém a mulher tem que dar o primeiro passo, ou seja, tem que denunciar.

    TNTV
    TNTV

    Como reestruturar e garantir a sobrevivência do meu negócio?

    Deixe seu comentário sobre: "PM de Apucarana registra aumento de 8,4% de violência doméstica"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.