Plantão do Covid completa 4,5 mil atendimentos - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

APUCARANA

Foto por Divulgação
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Uma das principais estratégias de combate à Covid-19 no município, o Pronto Atendimento do Coronavírus de Apucarana completa nesta segunda-feira (20) 4 meses de funcionamento. “É uma das primeiras e uma das poucas cidades a oferecer esse serviço exclusivo no enfrentamento da pandemia”, afirma o prefeito Junior da Femac.

Nestes 4 meses, 4.567 pessoas receberam atendimento presencial no Pronto Atendimento, destas 2.432 foram monitorados pelas equipes de saúde e 1.869 foram liberadas. No momento, 563 pacientes seguem em monitoramento, em quarentena domiciliar. “Trata-se de um diferencial em favor de Apucarana nesta pandemia, que tem contribuído de maneira significativa no enfrentamento do Coronavírus”, avalia o prefeito.  

A estrutura do Pronto Atendimento do Coronavírus vai mais além da assistência médica presencial, com o serviço de teleatendimento em que a população em geral pode ligar para obter informações, orientações e tiras dúvidas sobre os sintomas da doença. São três linhas telefônicas (fixo 3162-3049 e celulares 99967-0845 e 99967-0563 com atendimento por ligação ou pelo WhatsApp) exclusivas para esse serviço disponibilizado de segunda a sexta-feira, de 7 horas às 18 horas. Foram 1.769 ligações nestes 4 meses.

O Pronto Atendimento e a central telefônica começaram a funcionar no dia 20 de março a partir de medidas adotadas pela prefeitura, através da Autarquia Municipal de Saúde, visando oferecer aos apucaranenses uma estrutura de saúde exclusiva para atender casos suspeitos do coronavírus.

O setor exclusivo para o atendimento do Coronavírus funciona no andar térreo da Autarquia Municipal de Saúde (AMS). O serviço é oferecido, ininterruptamente, de segunda-feira a segunda-feira, entre 7 horas e 23 horas. O espaço é o mesmo onde anteriormente funcionava o Centro de Especialidades, na Rua Miguel Simeão.

O acesso das pessoas que precisarem procurar esse serviço deve ser feito para parte lateral do prédio da Autarquia de Saúde, evitando assim o contato com as demais pessoas que circulam pelo prédio. Neste local é feita a triagem, consultas e coleta de material para exame e os encaminhamentos necessários de cada caso, podendo ser isolamento domiciliar ou internação hospitalar.

A estrutura do Pronto Atendimento do Coronavírus envolve o trabalho de cerca de 50 pessoas, entre médicos, enfermeiros, técnico de enfermagem, administrativo, serviços gerais, motoristas e residentes do Programa de Residência Multiprofissional e Médica da Autarquia Municipal de Saúde. De acordo com diretor presidente da Autarquia Municipal de Saúde, Roberto Kaneta, uma média de 15 médicos se reveza em turnos nas 16 horas diárias em que o pronto atendimento fica aberto para a população em geral. 

“É uma luta muito grande desses profissionais de saúde, com o diagnóstico, fornecimento de medicamento, exame de raio-X, testagem e posterior acompanhamento. Tudo isso está disponível no nosso Pronto Atendimento do Coronavírus. Essa equipe desenvolve um trabalho que envolve competência e muita dedicação, merecedor de reconhecimento e elogios”, destaca Junior da Femac.

Os serviços do Pronto Atendimento é mais abrangente e vai além do atendimento presencial das pessoas que chegam com sintomas da Covid-19 e do teleatendimento, do monitoramento. Desenvolve também um trabalho de apoio as Unidades Básicas de Saúde, a UPA, SAMU, Centro Infantil, Casa da Gestante, Hospital da Providência Materno Infantil e Hospital da Providência. “Nosso Pronto atendimento garante um suporte essencial a toda estrutura de saúde neste momento de pandemia”, avalia o prefeito Junior da Femac.

A irmã Geovana Ramos, diretora geral do Providência, avaliou recentemente que, sem a triagem e o atendimento do Pronto Atendimento do Coronavírus, o hospital não teria condições de receber tantas pessoas. “Tivemos tempo para nos estruturar e adequar os espaços exclusivos para os pacientes”, comentou. 

Deixe seu comentário sobre: "Plantão do Covid completa 4,5 mil atendimentos"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.