Apucarana

Passagens de ônibus intermunicipais serão reajustadas no PR

As passagens de ônibus do transporte intermunicipal de passageiros do Paraná serão reajustadas a partir da zero hora do dia 1º de outubro

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Passagens de ônibus intermunicipais serão reajustadas no PR
fonte: DER
Passagens de ônibus intermunicipais serão reajustadas no PR

As passagens de ônibus do transporte intermunicipal de passageiros do Paraná serão reajustadas a partir da zero hora do dia 1º de outubro. O percentual médio de aumento é de 6,64% para linhas rodoviárias e 6,90% para linhas metropolitanas, ambas outorgadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR).

continua após publicidade

Atualmente a linha Apucarana x Rolândia, custa R$4,80. A passagem de Apucarana x Marilândia do Sul é de R$4,35 já de Apucarana x Mandaguari é de R$4,55, porém, os novos valores ainda não foram repassados. 

O reajuste anual está previsto no decreto n.º 1.821/2000, que regulamenta os serviços de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros no Estado. O cálculo é realizado pelo DER/PR, levando em consideração, basicamente, custos operacionais, de manutenção, administração, remuneração de capital, depreciação de equipamento, coeficiente de utilização, bem como outros componentes previstos em legislação e regulamentos vigentes.

continua após publicidade

Entre os fatores que mais impactaram o cálculo este ano estão o aumento nos preços dos combustíveis e o reajuste de salários.

“O reajuste tarifário tem o propósito de garantir que a operação das linhas intermunicipais de ônibus permaneça não apenas viável, mas também competitiva. A venda das passagens deve cobrir todos os custos do transporte, a remuneração das empresas, que geram empregos diretos e indiretos, e ainda ser justa para o passageiro”, explicou a coordenadora de Transporte Rodoviário Comercial do DER/PR, Maria Elizabete das Neves Bozza.

“Se a prestadora de serviço não consegue cobrir seus custos, ou obtém remuneração muito abaixo do previsto, ela vai abrir mão da linha, deixando os passageiros sem o serviço, o que pode levar meses até ser solucionado. Mas com a tarifa adequada, é de seu interesse aumentar o número de usuários, realizando melhorias e inovações nos veículos, e aumentando e/ou renovando a frota, por exemplo”, afirmou.

continua após publicidade

O último reajuste das passagens de ônibus ocorreu em 1º de dezembro de 2020. Este reajuste não afeta as linhas de ônibus outorgadas pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec).