Mais lidas

    Apucarana

    ENTENDA

    "Para se alcançar uma nova condenação vai demorar anos", diz advogado

    "Para se alcançar uma nova condenação vai demorar anos", diz advogado
    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 08.03.2021, 20:24:05 Editado em 08.03.2021, 20:24:59
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Brasil  foi pego de surpresa com a decisão do Ministro Edison Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente, Luís Inácio Lula da Silva, relacionadas a Operação Lava Jato. As investigações foram centralizadas na 13ª Vara da justiça Federal em Curitiba na época comandada pelo ex-ministro e ex-juiz Sergio Moro.

    Wilson Scarpelini Kaminski, advogado em Apucarana, disse que os processos que Lula foi condenado começam do marco zero. "Com essas condenações se desloca a competência para a justiça federal de Brasília, ou seja, os processos que o Lula foi condenado começam do marco zero, inicia todo um processo como se estivesse sido denunciado agora em 2021. Para se alcançar uma condenação vai demorar anos. E nós temos uma eleição nacional em 2022. Então para o presente momento o Lula estaria elegível em função dessa decisão do Ministro Fachin, em tese anular as condenações advindas da Operação Lava Jato com reflexo ao Lula, não as demais condenados da operação lava jato.   Estava sendo discutido que o Juiz Sergio Moro ex-ministro da Justiça ex-Juiz da Operação Lava Jato ex-juiz federal teria sido tendencioso parcial nos julgamentos que fez contra Lula", explica o advogado. 


    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: ""Para se alcançar uma nova condenação vai demorar anos", diz advogado"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.