Pandemia ‘segura’ reajustes nas mensalidades escolares - TNOnline
Mais lidas

    Apucarana

    EDUCAÇÃO

    Pandemia ‘segura’ reajustes nas mensalidades escolares

    Foto por Divulgação
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 23.11.2020, 19:27:30 Editado em 23.11.2020, 19:27:59
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Depois de um ano extremamente atípico, onde as escolas precisaram se adaptar ao ensino on-line, as projeções para o próximo ano letivo ainda são incertas. Certo, é que independente das aulas retornarem presencialmente ou se manterem a distância, escolas de toda a região já preparam os reajustes das mensalidades, que neste ano, serão menores que as praticadas habitualmente.

    O diretor administrativo do Colégio São José de Apucarana, Osvaldo Stroher disse que estão preparados para enfrentar o desafio de reajuste de valores e manter os alunos na instituição, apesar da pandemia. “A nossa necessidade de reajuste para 2021 deve ficar em torno de 4 a 4,5%, dependendo do curso que o aluno está – isso pelos custos que precisam ser alinhados”, enfatiza.

    O colégio está conversando com os pais, que são os clientes, caso a caso e atentos às necessidades. “Para mantermos de um lado o aluno e para continuar prestando um serviço de qualidade”, justifica. O São José tem aproximadamente 1500 alunos matriculados e desde março os professores estão trabalhando de casa com aulas remotas para atender aos alunos. “Os professores não diminuíram a carga horária - até porque não pararam de trabalhar e acreditamos que era preciso continuar com o ensino de qualidade”, ressalta. 

    O professor Fernando Perini, diretor financeiro do Colégio Platão, de Apucarana, diz que alguns reajustes tiveram que ser feitos para 2021. “Na mensalidade do Ensino Fundamental I e II, e no ensino médio, teve um reajuste de 4%. Já no maternal e no infantil, não subimos a mensalidade, pois sabemos da dificuldade dos pais neste momento de pandemia”, explica.

    No material didático, Perini diz que a empresa terceirizada que fornece o produto reajustou em média 6%. No entanto, após negociação o preço que será repassado aos pais será de 4%. “Eu liguei e conversei com os fornecedores para que nos passassem um preço melhor”, complementa.

    Arapongas

    Em Arapongas, no colégio Olimpus, o reajuste das mensalidades deverá ser menor: em torno de 2%, conforme conta o gerente geral Rodrigo Martins Gomes. “Este cenário de pandemia trouxe vários aumentos em muitos seguimentos, o que justificaria um aumento das mensalidades no colégio, mas ao mesmo tempo, tentamos reverter esta situação, apresentando uma tabela com reajuste de 2% apenas. Em épocas normais, o aumento seria de 8 a 10%. Pelo que tivemos de respostas dos pais até o momento, eles compreenderam bem a nossa situação”, informou.

    Para Gomes, mesmo com redução de custos em algumas despesas fixas do colégio, outros investimentos foram necessários, o que justifica o aumento. “Conseguimos manter a escola ativa, entregando aulas ao vivo, mantendo a jornada dos professores e tivemos uma demanda de investimentos em melhorias na internet, troca de cabos de rede, equipamentos e também, reduzimos em 10% o valor das mensalidades desde o início da pandemia”, disse.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Pandemia ‘segura’ reajustes nas mensalidades escolares"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.