Apucarana

Pandemia pode elevar casos de HIV; assista

Da Redação ·

“Não podemos pensar que por conta da pandemia as outras doenças não existem. Elas estão aí e o nosso dever é fazer a prevenção”. A afirmação é da da coordenadora do Núcleo de Atenção, Testagem e Tratamento de Apucarana (Natta), Gisele Silveira. Com o isolamento social, o temor é que os casos de HIV, uma das doenças alvo do núcleo de testagem, dobrem após o fim da pandemia.

continua após publicidade

De janeiro até começo de maio deste ano, 14 pessoas com idades entre 18 e 30 anos, a maioria homens, testaram positivo para o HIV. “Por causa da pandemia, a gente não sabe que o pessoal não está vindo fazer essa prevenção. A previsão é que esses casos aumentem após o final do isolamento”, detalha Gisele. 

Segundo os dados do Natta, em todo ano passado 56 pessoas foram diagnosticadas com  o vírus HIV.  

continua após publicidade

Mesmo diante da pandemia, o Natta continua normalmente realizando os testes rápidos. Em 30 minutos a pessoa já sabe que contraiu o vírus ou não. “Não estamos agendando atendimento, estamos trabalhando com livre demanda. A pessoa vem, faz na hora o teste e já sai com o resultado. Só estamos restringindo o número de consultas de pessoas que já fazem o tratamento. Não são apenas moradores de Apucarana que realizam tratamento aqui, atendemos todo Vale do Ivaí, temos uma grande rotatividade. É um trabalho intenso,” explica.

Moradores de Apucarana podem realizar o teste rápido de segunda a sexta-feira, das 9h às 17 horas. O Natta é localizado no Bairro 28 de Janeiro, ao lado da sede da Guarda Municipal, na Rua Jamil Soni. Pessoas de outras cidades devem procurar a saúde do município paa encaminhamento.

“Notamos que entre os próprios pacientes ainda existe um certo preconceito. Na medida do possível, trabalhamos o lado emocional. Temos uma assistente social e, quando a pessoa não responde a esse primeiro atendimento, encaminhamos para psicólogo ou psiquiatra mais especializado”, finaliza.

continua após publicidade

OUTRAS DOENÇAS

O NATTA também oferece testes para detectar hepatites virais (B e C) e sífilis, além de contar com uma farmácia para distribuição medicamentos para portadores de HIV.

ASSISTA A ENTREVISTA: 

 

Tags relacionadas: #Apucarana #HIV