MAIS LIDAS
VER TODOS

SOLIDARIEDADE

Padre de Apucarana faz campanha para ajudar os mais pobres na África

Recursos serão destinados à construção de um refeitório no povoado de Marara, em Moçambique

Da Redação

·
Escrito por Da Redação
Publicado em 16.02.2024, 16:30:19 Editado em 16.02.2024, 19:26:03
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O padre Devanil Ferreira, de Apucarana (PR), lançou uma campanha para financiar a construção de um refeitório destinado à população carente do povoado de Marara, em Moçambique, um dos países mais pobres do mundo. Ferreira pertence à Congregação dos Padres Oblatos de São José e está há quase uma década atuando no distrito da Província de Tete, no país do continente africano. Durante suas férias, em Apucarana, ele pretende arrecadar fundos para a viabilizar a construção de um refeitório com 30 metros de comprimento e 15 de largura no povoado.

continua após publicidade

Além da obra, a campanha também pretende custear a compra de utensílios domésticos. “Diante de tamanha pobreza o trabalho religioso é mais difícil de ser executado. O custo de vida é alto e o dinheiro naquele país é desvalorizado. Necessitamos muito de doadores internacionais. A evangelização também precisa desse investimento”, comenta.

- LEIA MAIS: Padre de Apucarana enfrenta desafio humanitário na África

continua após publicidade

De acordo com Ferreira, atualmente, 1 metical está valendo o equivalente a cerca de R$ 0,078. Deste modo, com 1 real brasileiro é possível adquirir quase 13 meticais. “Quantos reais você gasta por dia? Porque as pessoas não pensam em quanto gastam por dia. Em Moçambique temos uma escola com 1,5 mil alunos e um internato com 100 jovens que têm alimento fornecido por nós. Cada um desses jovens consome por dia o equivalente a R$ 5 reais para café da manhã, almoço e jantar. Você comer uma coxinha, você comeu uma refeição toda de um moçambicano”, avalia.

 Novo refeitório será semelhante a este
Icone Camera Foto por arquivo pessoal
Novo refeitório será semelhante a este

As doações podem ser direcionadas ao Santuário São José de Apucarana, direto com o padre Antônio Luiz, reitor do santuário ou na secretaria da paróquia.

continua após publicidade

Ferreira é pároco da Paróquia Imaculada Conceição de Marara. No povoado não existem ruas nem asfalto e as casas são de “pau a pique”. Para atender aos cerca de 80 mil habitantes, há uma unidade de saúde e apenas duas escolas. Existe uma feira livre e, para acessar um supermercado, é necessário caminhar 80 quilômetros. Luz, água encanada e internet são artigos de luxo, acessados por poucas pessoas. “Mesmo com as dificuldades e a pobreza que é muito grande, as pessoas têm uma boa participação”, afirma.

Entre os desafios da evangelização, está a falta de recursos financeiros. “Precisamos muito de ajuda financeira, porque dependemos de combustível e um bom carro, porque as estradas não são boas, as comunidades são distantes, às vezes precisamos chegar com moto ou até a pé. Isso dificulta a evangelização justamente por causa da questão financeira. Mas acredito que a igreja de Moçambique tem procurado fazer o máximo possível para chegar até todas as pessoas”, ressalta.

Assista a reportagem em vídeo:

continua após publicidade

Para ficar por dentro de todas as notícias de Apucarana e região, acesse o site TnOnline: https://tnonline.uol.com.br/?d=1.#notícia TnOnline TV

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Padre de Apucarana faz campanha para ajudar os mais pobres na África"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!