Apucarana

Orquestra “Ladies Ensemble” lota Cine Teatro Fênix

Primeira orquestra profissional do Brasil composta exclusivamente por mulheres, a “Ladies Ensemble” aqueceu a noite de terça-feira (17/05) em Apucarana

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Primeira orquestra profissional do Brasil composta exclusivamente por mulheres, a “Ladies Ensemble” aqueceu a noite de terça-feira (17/05) em Apucarana com um concerto didático repleto de clássicos. O evento, que angariou alimentos não perecíveis como ingresso, lotou o auditório do Cine Teatro Fênix em uma promoção do Sesi Cultura Paraná em parceria com a Secretaria da Promoção Artística, Cultural e Turística da Prefeitura de Apucarana (Promatur).

continua após publicidade

O prefeito Júnior da Femac prestigiou a apresentação ao lado da primeira-dama e vice-presidente do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep-PR), empresária Carmen Lúcia Izquierdo Martins, que no ato representou o presidente do Sistema Fiep-PR, Carlos Valter Martins Pedro. “Um concerto belíssimo, que encantou e emocionou a todos nós”, pontuou o prefeito, salientando que cerca de meia tonelada de alimentos foi angariada e que será repassada à Secretaria da Assistência Social para o atendimento de famílias em situação de vulnerabilidade.

Ao saudar as componentes da orquestra e público, a vice-presidente do Sistema Fiep-PR enalteceu o Sesi Cultura Paraná. “São 14 anos promovendo ações culturais e entretenimento voltados a trabalhadores da indústria e para a comunidade em todo o Paraná”, destacou a empresária Carmen Lúcia.

continua após publicidade

Composta por vinte musicistas (corda, piano e percussão) e a Maestrina Clara de Lanna, o concerto “Ladies Ensemble” abordou a música clássica de forma didática e acessível. Entre os destaques do repertório, clássicos conhecidos pelo público como o Concerto Primavera (Allegro) e Inverno (Presto), de Antonio Vivaldi, além de suítes da Ópera Carmen, de Bizet/Giraud; obras brasileiras, como a Melodia Sentimental, de Heitor Villa-Lobos; e Romance Sem Palavras, de Bento Mussurunga. “Além deste repertório, a “Ladies Ensemble” também apresentou músicas universais – a World Music – usando também instrumentos orientais em solo”, detalha professora Maria Agar Borba, secretária da Promatur, narrando que entre os destaques da noite esteve a performance da instrumentista refugiada da Síria e já naturalizada brasileira, Myria Tokmaji, que tocou o Qanum, instrumento de origem persa.

Outra característica importante da orquestra é a concessão de espaço para as musicistas. “Neste universo da música, os solistas são convidados de fora. Aqui, na Ladies Ensemble empoderamos nossas musicistas e elas são nossas solistas”, conta a fundadora do grupo, Fabíola Bach Akel, que também toca viola nos concertos.

Além de Apucarana, a orquestra tem apresentações agendadas em outras três cidades paranaenses: Cianorte, Umuarama e Terra Roxa. “Ao promover a circulação deste espetáculo didático no interior do Estado, o Sesi Cultura Paraná pretende despertar o interesse dos profissionais da indústria e seus familiares para a arte, agregando mais sensibilidade e criatividade para a formação deste público, tendo a música como vetor”, diz a gerente de cultura do Sistema Fiep, Anna Paula Zétola, ressaltando que esse é um projeto idealizado pelo Sr. Carlos Valter, presidente do Sistema Fiep.

História – A Ladies Ensemble atua desde 2009 e promove encontro de musicistas de diferentes idades, vertentes, influências e inspirações. Ela abre espaço para as mulheres como protagonistas em orquestras, cujo universo não possui presença feminina considerável, especialmente em posições de liderança. A Orquestra conta hoje com 20 instrumentistas profissionais, um curso permanente de formação em regência para mulheres e sede própria, no Auditório Regina Casillo, no novo endereço do Solar do Rosário, em Curitiba.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News