Apucarana

Obras de drenagem na região da UPA chegam na etapa final

Obra visa resolver em definitiva o problema de alagamentos constantes nas ruas Clotário Portugal e São Paulo

Da Redação ·

O prefeito Junior da Femac vistoriou nesta terça-feira (5) as obras de implantação da nova rede coletora de águas pluviais na região da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Serviço Social do Comércio (SESC). Com uma rede de galerias de diâmetro maior e caixas de passagem, vão acabar em definitivo com os constantes alagamentos registrados nesta região com chuvas mais intensas.

continua após publicidade

De acordo com a Secretaria de Obras, que acompanha a evolução das obras executadas por meio de uma empresa especializada contratada por licitação, a instalação da nova rede de galerias entrou agora na reta final.

O prefeito Júnior da Femac, que é engenheiro civil, acompanha o dia a dia da obra, que envolve a colocação de tubos de concreto armado de um metro de diâmetro, em trecho de cerca de 600 metros de extensão desde o ponto crítico (região da UPA/Sesc), passando pelas ruas Sante Formigoni, Dr. Miyoje Kogure, Andorinhas, Brasília, Suzana Pacheco, onde encontra o início do Córrego Pirapó, no final da Vila Social.

continua após publicidade

“Tem sido um trabalho muito complicado, considerando que a região que tem muitas rochas junto à superfície do solo. Apesar dessa dificuldade, a empreiteira vem conseguindo avançar com o cronograma das obras e, em breve, deve entregar a obra que irá solucionar em definitivo esse problema antigo na região, onde veículos acabam ficando submersos em dias de chuva forte”, comenta o prefeito.

A secretária Municipal de Obras, engenheira civil Ângela Stoian Penharbel, explica que a existência de um sistema de drenagem antigo e ineficaz, além do subsolo rochoso, são fatores que contribuem para a lenta vazão da água. “Isso provoca alagamentos recorrentes em dias de chuva forte prejudicando a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Apucarana (UPA), e o Serviço Social do Comércio de Apucarana (Sesc/Apucarana), além de comerciantes instalados nas imediações e a rotina dos moradores”, avalia.

O investimento público na obra de drenagem é de R$ 763 mil e está sendo executado pela Construtora Felicita, vencedora da licitação.