Apucarana

Obras de 35 casas populares iniciam na Caixa de São Pedro

Em um terreno às margens da PR-444, a estimativa para o início da construção é de 90 dias. Podem se inscrever famílias com renda de até três salários mínimos

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Obras de 35 casas populares iniciam na Caixa de São Pedro
fonte: Prefeitura Municipal de Apucarana

Nesta sexta-feira (20), o prefeito de Apucarana, Junior da Femac, informou que foi firmado o "Termo de Permissão de Uso" para uma área de propriedade do município, no distrito de Caixa de São Pedro.

continua após publicidade

O terreno situado às margens da PR-444 possui uma área de 24.200 m² e está sendo doado pelo município para abrigar, em breve, 35 casa populares. A estimativa para o início das obras é de 90 dias, após processo burocrático.

As unidades habitacionais serão construídas por meio do Programa Casa Verde e Amarela do Governo Federal, em parceria com o Programa Casa Fácil do Governo Estadual, através da Companhia Paranaense de Habitação (Cohapar). A União garante R$16 mil de subsídio por unidade. Já o Casa Fácil do Estado assegura aos beneficiários o uso de um subsídio de R$ 15 mil na compra da casa própria. O valor é utilizado para pagar a entrada no imóvel. Podem se inscrever famílias com renda de até três salários mínimos.

continua após publicidade

Por meio do Chamamento Público 006/2022, lançado pela Cohapar, visando à participação de empresas para assumir a construção das 35 unidades habitacionais, a Palmas Engenharia e Construções Ltda foi habilitada. A partir disso, conforme explica a gerente do escritório regional da Cohapar em Apucarana, Elisângela Costa de Araújo, a empreiteira irá preparar toda a documentação necessária para o projeto das casas.

Nos próximos dias, a Empreiteira Palmas Engenharia irá entrar em contato com o Município e com o escritório regional da Cohapar para, em seguida, protocolar toda a documentação exigida na Caixa Econômica Federal.

O prefeito Junior da Femac agradece o empenho do ex-secretário de saúde, Beto Preto, do presidente da Cohapar, Jorge Lange, e do Governador Ratinho Junior na consolidação deste projeto. Ele também destaca a atuação do presidente da Câmara, Franciley de Godoi “Poim”, que representa Caixa de São Pedro, por sua participação na conquista das casas para atender famílias que residem no distrito. Junior explica que as casas serão construídas com supervisão da Cohapar e com apoio da prefeitura.

continua após publicidade

“Além de doar o terreno, a prefeitura, por meio da sua equipe de engenharia, elaborou os projetos urbanístico, de drenagem, pavimentação, hidrosanitário e elétrico, que já foram entregues ao escritório regional da Cohapar”, informou Junior da Femac.

Por escolha da Cohapar, o conjunto habitacional será denominado Luis Toschi, bisavô do prefeito Junior da Femac. “Tenho um carinho especial pela Caixa de São Pedro, onde meu bisavô Luis Toschi, avô da minha mãe, foi o primeiro a chegar e muito contribuiu para o desenvolvimento do distrito e de Apucarana. Agradeço a direção da Cohapar por essa homenagem ao meu bisavô Luis Toschi”, destacou o prefeito.


Fonte: Prefeitura Municipal de Apucarana.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News