Apucarana

'O segredo da vida é ter fé', diz moradora de Apucarana com 101 anos

Dona Anália Marcelina de Moraes teve sete filhos, tem 20 netos e 12 bisnetos e espera para ver os tataranetos

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

É um privilégio para poucas pessoas apagar velinhas de bolo com três dígitos durante o aniversário. A pioneira de Apucarana, dona Anália Marcelino de Moraes é uma delas. Prestes a completar 102 anos, a doméstica aposentada, que vive há 74 anos em Apucarana, conta o segredo da longevidade. "O segredo é ter fé". 

continua após publicidade

Nascida em Jacarezinho e criada em Santo Antônio da Platina, Anália mantém a mente ativa e surpreende a todos que a conhecem. "Acordo todos os dias cantando músicas que Deus manda através dos meus sonhos. E como não sei escrever, canto para não esquecer a letra", conta a centenária através da ajuda da sobrinha Solange Silva. 

Conforme as informações repassadas por Solange, a idosa se mudou em meados de 1947 para a Cidade Alta, trabalhou na roça e depois criou os filhos como empregada doméstica. Anália foi casada com Domingos Rosa durante 40 anos até ficar viúva.

continua após publicidade

Do casamento, dona Anália teve sete filhos, dois deles já morreram, 20 netos e 12 bisnetos. "Eu espero estar firme para conhecer meus tataranetos. Peço todo dia para Deus manter minha mente boa para que eu possa continuar vivendo. O segredo da vida é ter fé", observa a centenária que comemorou no dia 25 de julho o dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha.  

Dona Anália completa 102 anos no próximo dia 15 de agosto e ganhou sessão de fotos especial com a fotógrafa de Apucarana, Milena Ananias, que também ficou surpresa com a disposição da centenária.

"Pensei que fosse encontrar uma senhorinha com limitações físicas, mas quando cheguei ficou surpresa. Dona Anália cantou durante todo ensaio e esbanja lucidez", conta. 

Por, Fernanda Neme.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News