Apucarana

O inverno chegou, e com ele a florada das cerejeiras

As cerejeiras ornamentais chegaram em Apucarana nos anos 70.

Da Redação ·

O inverno chegou oficialmente aos 32 minutos da madrugada desta segunda-feira (21) e, em Apucarana, trouxe junto à bela florada das cerejeiras japonesas. Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) – nesta estação não teremos os efeitos do El Niño e de La Niña. A previsão é de que o inverno traga ondas de ar frio e seco, algumas geadas e possibilidade de alguns veranicos em agosto e chuvas abaixo do esperado.

continua após publicidade

Conhecidas pela beleza de suas flores, muito usadas para a confecção de arranjos chamados de ikebana, as cerejeiras ornamentais (sakura) chegaram em Apucarana nos anos 70, pelas mãos dos primeiros imigrantes japoneses. A árvore, símbolo da terra do sol nascente, encontrou na cidade alta do Norte do Paraná (960 metros de altitude) um clima muito favorável. E, com o passar do tempo, tornou-se também a árvore símbolo de Apucarana.

 

O inverno chegou, e com ele a florada das cerejeiras fonte: Reprodução
continua após publicidade

Segundo registro da Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea), fundada e mantida pela colônia japonesa, a florada apucaranense teve início a partir do plantio de 100 mudas pela Associação dos Idosos da Acea (Matsumikai), na época presidida por Hatsuishi Kinoshita e hoje podem ser vistas em praticamente todos os bairros da cidade.

Dados da Secretaria Municipal de Agricultura, que mantém o viveiro municipal, revelam que nos últimos três anos forma plantadas cerca de 3 mil unidades de cerejeiras na área urbana de Apucarana. Conforme avalia o prefeito Junior da Femac, o plantio de cerejeiras foi impulsionada pela tradição nipônica e, ao longo das últimas décadas, a cerejeira ganhou valor histórico, sendo adotada por toda a população.

“Atualmente encontramos cerejeiras não só nas ruas ou parques, mas também em quintais, chácaras, pátios de empresas e até em condomínios residenciais. Aqui a árvore encontrou ambiente favorável para se desenvolver e, além da beleza da sua florada, é adequada para a área urbana, garantindo bom sombreamento sem prejudicar as calçadas e a fiação elétrica”, comenta o prefeito de Apucarana, Júnior da Femac.

continua após publicidade

Por ser cultuada pelos imigrantes japoneses, a florada ganhou uma festa anual em Apucarana, a Festa da Cerejeira que, devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), teve as suas edições de 2020 (26ª) e 2021 (27ª) canceladas. “Infelizmente, com a pandemia do coronavírus, tivemos que cancelar mais uma vez a festa e os momentos de contemplação da florada das cerejeiras”, lamenta Keniti Ishida, presidente da Acea, lembrando que o evento faz parte do calendário turístico do Paraná, sendo conhecida em todo o Brasil.

Marcas da cerejeira-ornamental

· Efemeridade, ou seja, uma vez florida, logo perde as pétalas sob a ação dos ventos.

continua após publicidade

· Sakura ou cerejeira ornamental é conhecida também como a “flor da felicidade” e assume um lugar importante na cultura e nos jardins japoneses em todo o mundo.

· Diante do valor histórico e cultural da cerejeira-ornamental no município, a Prefeitura de Apucarana inclui a árvore como ornamento em vários projetos, usando a espécie na arborização de ruas, parques, praças e entradas da cidade.

Tags relacionadas: #Apucarana #INVERNO