Apucarana

Nesta segunda-feira a prefeitura liberou salários de junho

Recursos foram depositados em contas dos funcionários com dois dias de antecedência.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Nesta segunda-feira a prefeitura liberou salários de junho
fonte: Edson Denobi
Nesta segunda-feira a prefeitura liberou salários de junho

Foi liberado nesta segunda-feira (28) a folha de pagamento do funcionalismo público municipal de Apucarana, referente ao mês de junho. “Estamos pagamos rigorosamente em dia a folha dos servidores públicos municipais, cumprindo o planejamento financeiro e a determinação do prefeito Junior da Femac”, informa a secretária da fazenda, Sueli Pereira.

continua após publicidade

A secretária lembra que, desde janeiro de 2013, com o ex-prefeito Beto Preto e o ex-secretário Marcello Machado; e a partir de fevereiro de 2019 com o atual prefeito Junior da Femac, já foram pagas 119 folhas sempre em dia. Segundo ela, as folhas saldadas incluem salários mensais, adiantamento de 13º salário e complemento de 13º salário.

“Ao mesmo tempo, também estamos recolhendo todos os encargos sociais e pagando precatórios trabalhistas resultantes de direitos não pagos aos servidores em gestões anteriores”, assinala Sueli Pereira.

continua após publicidade

Neste mês de junho de 2021 a folha do funcionalismo alcançou o valor de R$ 13.413.186,08 (treze milhões, quatrocentos e treze mil, cento e oitenta e seis reais e oito centavos). Neste valor estão inclusos os servidores lotados no prédio da prefeitura, Autarquia Municipal de Educação (AME), Autarquia Municipal de Saúde (AMS) e Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan).

O prefeito Junior da Femac reitera que, além de cumprir sua obrigação de pagar salários em dia, sempre é bom lembrar que ex-prefeitos, de mandatos anteriores a 2013, deixaram de pagar encargos sociais e muitas dívidas com desapropriações e prestadores de serviços.

“Com muito esforço e planejamento estamos pagando salários em dia – muitas vezes até adiantado – e, ao mesmo tempo, seguimos amortizando um pesado passivo trabalhista por meio de precatórios”, informa o prefeito, acrescentando que, em tempos de pandemia, a prioridade máxima tem sido a saúde, mas sem deixar de atender a demanda de serviços, programas e obras.