Apucarana

Mulher que foi atropelada no Pirapó morre no hospital

A Autarquia Municipal de Serviços Funerários de Apucarana ainda não divulgou os horários de velório e sepultamento

Da Redação ·

Morreu no Hospital da Providência, na madrugada desta sexta-feira (6) ,Mirian Enz de 54 anos. Ela ficou gravemente ferida após ser atropelada por um caminhão na noite de quinta-feira (5) no distrito de Pirapó, em Apucarana, próximo da praça central.

continua após publicidade

O Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e encaminhou a vítima para o Hospital da Providência, mas Mirian não resistiu aos ferimentos. De acordo com a Polícia Militar (PM), que também atendeu a ocorrência, o motorista do caminhão baú, que realizava uma entrega no distrito, permaneceu no local do acidente por um certo tempo, depois deixou o local. 

A PM informou que logo depois, a esposa dele ligou no 190 e ela repassou todos os dados do marido. O plantão de acidentes foi até a casa do motorista, que é habilitado, ele disse que ficou no local até a chegada do Samu, mas depois, por causa da aglomeração de pessoas, ficou com medo de ser agredido, então deixou o local. Ele realizou o teste do bafômetro, que apontou que ele não havia ingerido bebidas alcoólicas.  

continua após publicidade

O motorista ainda contou que estava muito escuro, que ao contornar a praça, atingiu a mulher, que tinha ido ao mercado. Ele estava a caminho da última entrega. 

A Autarquia Municipal de Serviços Funerários de Apucarana informou que o sepultamento será neste sábado (7) às 10 horas no Cemitério do Pirapó. 

Amigos e familiares lamentam a morte de Mirian:

continua após publicidade

"Poxa vida .Que Deus conforte toda a família. Uma mulher muito querida ..Ela tinha acabo de passar no meu caixa ontem minutos depois aconteceu a fatalidade. Que Deus possa consolar toda a família", disse.

"Meus sentimentos, não há palavras para expressar tamanha tristeza, que Deus venha consolar os corações de toda família 😥", disse. 

"Que imensa tristeza...😥!!!! Dês tempo de criança ,era a menina dos olhos mais lindos do Pirapó, sempre amável com todos...Outro dia conversamos muito aqui no Messenger sobre os crochês da vó dela, e dos Bailes no salão da igreja...Sinto muito por essa fatalidade...😥Meus sentimentos à toda Família...", disse. 

"Não caiu a ficha de ninguém ainda...sem acreditar", disse.