Apucarana

Mulher era agredida pelo ex em cárcere privado desde domingo

Refém do ex-marido desde domingo, quando ele invadiu a casa, mulher conseguiu reaver celular e pediu socorro à mãe, que acionou a Polícia Militar

Da Redação ·
imagem ilustrativa
fonte: Foto: Pixabay
imagem ilustrativa

Uma mulher viveu dois dias de terror, sob agressões e ameaças de morte, dentro da própria casa, pelas mãos do ex-marido. Na madrugada desta terça-feira ela conseguiu reaver o aparelho celular, quando pediu socorro à mãe, que acionou a Polícia Militar. O homem foi preso por lesões corporais, violência doméstica, sequestro e por manter a ex sob cárcere privado.

continua após publicidade

No início da madrugada desta terça-feira (10), o serviço de inteligência do 10º. BPM informou o plantão sobre uma mensagem que havia recebido pelo canal de denúncias via aplicativo whatsapp. A mensagem dava conta de uma mulher pedia socorro e seria mantida refém na Rua Alberto Andrade Cury, no bairro Solo Sagrado, em Apucarana.

A equipe de inteligência tentou contato com o número para as averiguações, sem êxito. A equipe de plantão foi até o endereço e fez uma aproximação à pé, para verificar a situação. Ao se aproximar, os policiais visualizaram uma mulher, que apresentava hematomas na região dos olhos. Sem dizer uma única palavra, a mulher fez sinais de que havia sido agredida e apontou para o interior da residência.

continua após publicidade

A mulher conseguiu abrir a porta da casa para a entrada dos policiais que, logo no primeiro cômodo encontraram um homem, com uma faca nas mãos, em posição de ataque. Ao ver os policiais, o homem ainda tentou se livrar da faca, antes de ser contido e preso.

A vítima informou aos policiais militares que foi surpreendida pelo ex-marido ainda no domingo (08). Ele teria quebrado a janela dos fundos da casa, por onde entrou e logo de início, desferiu dois golpes no rosto, causando os hematomas. Em seguida o homem teria tomado o celular da ex-esposa e as chaves da casa. O homem passou a agredir a mulher com socos e chutes e, armado com uma faca, fez constantes ameaças à mulher, chegando a encostar a faca na região das costelas. A mulher também mostrou um hematoma na região da barriga, por conta das agressões.

Aos policiais, conforme boletim de ocorrências registrado pela PM, a mulher relatou que por diversas vezes tentou se aproximar das janelas da casa, na esperança de pedir ajuda a alguém, mas era impedida pelo homem, que voltava a fazer as ameaças e agressões.

continua após publicidade

No início da madrugada de terça-feira (10), no entanto, ela se aproveitou de um descuido do agressor e conseguiu pegar o celular e enviar mensagem de socorro à mãe, que acionou a central de denúncias da PM.

O agressor foi preso pelos policiais e encaminhado para a Polícia Civil para as providências. A vítima foi encaminhada para atendimento médico-hospitalar.