Apucarana

Motorista envolvido em batida que vitimou entregador é solto

Ele foi liberado no começo da noite desta terça-feira (1)

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Motorista envolvido em batida que vitimou entregador é solto
fonte: TNOnline

O motorista da caminhonete modelo Nissan Frontier, de 33 anos, de Jandaia do Sul, que se envolveu em um grave acidente em Apucarana, já deixou a cadeia através de um alvará de soltura expedido pela Justiça. O condutor estava preso desde o último domingo (30). Ele foi liberado no começo da noite desta terça-feira (1). 

continua após publicidade

O morador de Jandaia do Sul foi preso pois estava embriagado e com a CNH vencida desde 2019, informou a polícia. O entregador Matheus Santos Clemente, de 25 anos, que estava trabalhando no momento do acidente, não resistiu aos graves ferimentos e morreu nesta madrugada. A morte dele gerou grande comoção na cidade.

Relembre o acidente: 

continua após publicidade

Um entregador ficou gravemente ferido e precisou ser entubado após acidente em Apucarana. A colisão aconteceu na noite deste domingo (30), na Vila São Carlos. A batida envolveu uma moto e uma caminhonete modelo Nissan Frontier, o condutor foi preso e estava com a CNH vencida desde 2019.

Testemunhas contaram, que a princípio, o condutor da Frontier teria cruzado a preferencial e o motociclista atingiu a lateral da caminhonete. A batida foi muito forte. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, (Samu), foi chamado. Foi preciso entubar o entregador, que sofreu ferimentos graves e foi levado para o Hospital da Providência. 

O acidente a aconteceu entre as ruas Antônio José de Oliveira esquina com Noboru Fukushima. De acordo com a PM, o condutor da caminhonete deixou o local, porém, foi até o módulo policial localizado na Praça Rui Barbosa e aguardou a chegada da equipe. 

continua após publicidade

O motorista confessou para a PM que havia bebido três latas de cerveja. O homem foi levado para a delegacia e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ainda de acordo com a polícia, no interior da caminhonete estavam duas latas de cerveja, o condutor apresentava alguns sinais de embriaguez, como desordem nas vestes, olhos vermelhos e sonolência, foi então confeccionado o termo de constatação de sinais de alteração da capacidade psicomotora e o homem foi preso. 

Ainda de acordo com a PM, a caminhonete possuía débitos e o condutor estaria com a habilitação vencida desde 10/04/2019.