Apucarana

Morte de professora da rede municipal gera comoção em Apucarana

O corpo de Leiliane é velado na Capela Central da Cidade Alta

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Morte de professora da rede municipal gera comoção em Apucarana
fonte: Prefeitura de Apucarana

A morte da professora Leiliane Lara Martins, que tinha 50 anos, gerou muita comoção em Apucarana. O prefeito Junior da Femac e a secretária Marli Fernandes lamentaram sobre o falecimento dela, que atuava na rede municipal de educação desde 2019. Atualmente, estava atuando na Escola Plácido de Castro, no Núcleo Adriano Correia.

continua após publicidade

A secretária Marli Fernandes destacou o comprometimento da docente com a formação dos seus alunos. “A professora Leiliane era uma pessoa muito querida e uma profissional extremamente competente. O legado dela permanecerá na vida das muitas crianças que ajudou a alfabetizar. Nossos sinceros sentimentos à família”, disse.

“É sempre triste receber esse tipo de notícia. Neste momento de angústia, desejamos que Deus conforte os corações de todos os familiares e amigos. Ninguém está preparado para a partida de um ente querido e somente nosso Senhor pode dar as forças necessárias para suportar tamanha dor”, acrescentou o prefeito Junior da Femac.

continua após publicidade

A diretora da Escola Plácido de Castro, Débora Camilete de Campos também lamentou o falecimento da companheira de trabalho. “A Leiliane fará muita falta na comunidade escolar. Mais do que uma profissional guerreira e dedicada, nós perdemos uma grande amiga que sempre será lembrada com muito carinho. Desejamos condolências à família,” afirmou.

O corpo da professora Leiliane Lara Martins será velado na Capela Mortuária Central de Apucarana, nesta terça-feira (12), a partir das 12 horas. Ela deixa o marido Daniel Marques dos Santos, três filhos e uma neta.