Apucarana

Morre entregador ferido durante acidente em Apucarana

Matheus Santos Clemente, de 25 anos, ficou gravemente ferido no domingo (30)

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Morre entregador ferido durante acidente em Apucarana
fonte: Arquivo pessoal

Morreu na madrugada desta quarta-feira (2), o entregador Matheus Santos Clemente, de 25 anos, que estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), do Hospital da Providência, após sofrer um grave acidente na noite de domingo (30), na Vila São Carlos, em Apucarana. 

continua após publicidade

Quem confirmou a morte do apucaranense foi sua mãe, Maria Joana Santos, através de post no Facebook:

"Infelizmente, meu Filho veio a óbito. Agradecemos as orações de todos. Com certeza ele cumpriu a missão dele. Não haverá velório devido ao exame de covid ter dado positivo, sendo que ele teve menos de 1 mês e saiu da quarentena há poucos dias. Meu filho saiu de meus braços para os braços do Senhor. Cuida de nós, meu filho, porque não está fácil. Meu coração está em pedaços. Descanse em paz, meu  amor. Amor pra eternidade". 

continua após publicidade

Familiares e amigos lamentaram a morte do apucaranense nas redes sociais:

“Como é triste um jovem partir tão cedo, deixando todos que te amam em choque. Toda vez que te vi você estava com esse sorriso no rosto. Um rapaz querido é Matheus. Só Deus para dar forças e confortar seus pais e as meninas”.

“Obrigada a cada amigo que rezou junto pedindo a Deus pela sua cura. Mas Deus te chamou. Deus te quis de volta. Descansa em paz, meu querido. Força, Maria Joana Santos e Paulo, Bruna Clemente, Paulinha Clemente e Evandro Miranda. Que Nossa Senhora dê forças”.

continua após publicidade

“Difícil acreditar! Descansa, Matheus! Cuida de todos aí de cima. Irei lembrar sempre da sua educação e alegria”.

As informações sobre o sepultamento ainda não foram divulgadas pela família. 

continua após publicidade

O acidente 

O acidente que causou a morte de Matheus ocorreu no domingo (30), em Apucarana, entre a Rua Antônio José de Oliveira esquina com a Rua Noboru Fukushima. De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista da caminhonete deixou o local, porém, foi até o módulo policial localizado na Praça Rui Barbosa e aguardou a chegada da equipe. 

Ele confessou para os policiais que tinha ingerido três latas de cerveja. O homem foi levado para a delegacia e se recusou a fazer o teste do bafômetro.