Apucarana

Moradores do Bairro 28 se dizem insatisfeitos com Plano Diretor

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Moradores do Bairro 28 se dizem insatisfeitos com Plano Diretor
fonte: Da Redação
Moradores do Bairro 28 se dizem insatisfeitos com Plano Diretor

De acordo com o médico Daniel Blanski, membro da Associação de Moradores do Bairro 28 de Janeiro, a proposta aprovada em votação trouxe pequenos ganhos para a comunidade, mas não representa a satisfação dos moradores locais. “Tivemos apenas duas opções para votar. Ou ficava como estava, ou seja, sem limites para a verticalização, ou aprovaríamos este que foi votado, com alguns pequenos ganhos exigidos pelos moradores, como afastamentos laterais e recuos maiores nas novas construções”, diz.

continua após publicidade

Segundo ele, o impedimento da verticalização da região, não foi acatado. “Vamos pagar o preço disso no futuro. Vamos ficar com o trânsito espremido e congestionado, ainda mais por conta da linha férrea que realiza a compressão do fluxo local, assim que os primeiros empreendimentos chegarem. A votação ocorreu e foi democrática, mas muitos de nós, moradores, nos manifestamos contrários à decisão final”, pontuou Blanski.

O PLANO DIRETOR

continua após publicidade

O Plano Diretor é o conjunto de leis que envolvem o desenvolvimento, zoneamento e perímetro urbano, uso e ocupação do solo, edificações e sistema viário, além do código de posturas do município.

De acordo com a engenheira da secretaria municipal de Obras de Apucarana, Caroline Moreira Souza, entre as principais mudanças apresentadas, está a solução para um tema que gerou bastante conflito entre o município e a população da região do bairro 28 de Janeiro: a construção de grandes edificações no local. “Através de discussões com a comunidade local, e votação da população, o novo Plano Diretor criou duas Zonas distintas na área do 28: A Zona Comercial do 28, no entorno da Praça e ruas principais, como a Cel. Luiz José dos Santos e Rua José Francisco Ferreira. Nesta área, fica permitida a verticalização. Nas demais áreas do bairro, foi criada a Zona Residencial do 28, onde a verticalização não será permitida. Apenas serão conservadas as áreas comerciais já existentes”, explicou a engenheira.

Ela conta que o tema foi bastante discutido com a comunidade local e levado para votação todos os pontos da mudança para a população decidir. “Creio que alcançamos o meio termo em relação ao assunto com a comunidade, já que este ponto passou com uma votação expressiva”, relatou Caroline.

Jornal Tribuna do Norte

Tags relacionadas: #Apucarana #Plano Diretor