Apucarana

Morador de Apucarana é preso com pornografia infantil

Quando a equipe policial chegou na casa do suspeito, na Vila Formosa, ele estava no quarto dele, dormindo, com o computador ligado e com conteúdo pornográfico infantil

Da Redação ·

Um homem de 49 anos que mora em Apucarana, no norte do Paraná, foi preso na manhã desta quarta-feira (9), durante a Operação Luz na Infância 8, deflagrada pelo Ministério da Justiça, que tem como objetivo identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

continua após publicidade

Quando a equipe policial chegou na casa do suspeito, na Vila Formosa, ele estava no quarto dele, dormindo, com o computador ligado e com conteúdo pornográfico infantil. "Ele estava armazenando diversos vídeos e fotografias, cenas envolvendo material de pornografia com crianças. Quando a equipe chegou no local, o computador estava ligado, de inicio o investigador já encontrou a existência do material pornográfico. Na casa tinha outras pessoas, mas ele afirmou que somente ele utilizava o equipamento, dentro do quarto", explica o delegado chefe, Marcus Felipe da Rocha. 

O computador, além de celulares, CDs e DVDs foram apreendidos e tudo será encaminhado para uma perícia. O homem, que seria um cantor e tem um canal no YouTube, foi preso em flagrante. "Ele foi autuado no crime previsto dentro do estatuto da criança e adolescente, no artigo 241 B, que é de armazenar fotografias, vídeos contendo cenas pornografias envolvendo crianças e adolescentes. Todo material será levado para perícia, para saber se ele compartilhava ou só armazenava, se mais pra frente a perícia comprovar que além de armazenar ele também compartilhava, ai ele pode responder por uma pena maior", informa o delegado. 

continua após publicidade

Apesar do flagrante, o homem poderá pagar uma fiança e sair da cadeia. "Será arbitrado uma fiança, nesse caso, cabe uma fiança, se ele não pagar, fica preso. Vamos comunicar o flagrante ao poder judiciário", comenta Marcus Felipe. 

A operação conta com a participação da Polícia Civil de 18 estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Espírito Santo, Rondônia, Mato Grosso, Paraná, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Alagoas, Piauí, Bahia, Maranhão, Rio Grande do Sul e Amazonas, além de outros cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador. Os policiais cumprem 176 mandados de busca e apreensão.

No Paraná, foram sete mandados, em Curitiba, Londrina, Maringá, Apucarana, Pato Branco, Andirá e Matelândia.

continua após publicidade

241-B: Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente: Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.

Assista a entrevista com o delegado:

 Morador de Apucarana é preso com pornografia infantil - Vídeo por: tnonline  

continua após publicidade