Apucarana

“Mais Vida Animal” ultrapassa 500 castrações em Apucarana

A iniciativa teve início em abril deste ano.

Da Redação ·

Mais de 500 animais tutelados por famílias de baixa renda de Apucarana foram esterilizados junto ao Centro Municipal de Saúde Animal (Cemsa) por intermédio do Programa Mais Vida Animal. A iniciativa, idealizada pelo prefeito Júnior da Femac, teve início em abril deste ano e, além de castração gratuita de cães e gatos, também garante auxílio mensal a cuidadores independentes com repasse mensal de ração – já foram cerca de 8 mil quilos nos últimos sete meses – e atendimento veterinário a animais vítimas de abandono ou maus-tratos através do próprio Cemsa e também por meio de clínicas conveniadas.

continua após publicidade

A porta de entrada para obtenção da castração gratuita de cães e gatos (machos e fêmeas) é o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). “Entre os requisitos legais para ter direito ao benefício, além de estar inscrita no CadÚnico do Governo Federal, o interessado precisa ter renda familiar mensal de até meio salário-mínimo por pessoa”, explica Luan Rafael da Silva Santos, coordenador do Cemsa. Segundo ele, o número de castração é limitado a dois animais ao ano, por família.

“Este programa é uma iniciativa pensada e planejada pelo prefeito Júnior da Femac que coloca Apucarana entre os municípios paranaenses que mais protegem a vida animal”, assinala o coordenador revelando que a equipe ainda trabalha com uma meta ousada para este ano. “Estamos tendo todo apoio e suporte para aquisição de mais equipamentos e materiais e, com a realização de mutirões, pretendemos chegar a 1 mil castrações dentro do “Mais Vida Aninal” até o final deste ano”, anunciou.

continua após publicidade

Desempregado, o morador do Núcleo Habitacional Papa João Paulo I, Renildo de Jesus, ficou sabendo do Programa Mais Vida Animal da Prefeitura de Apucarana através da psicóloga do CRAS. “Estou sem emprego no momento e quando fui retirar uma cesta básica fiquei sabendo do programa de castração, que foi uma bênção. Uma ajuda muito grande para a gente que não teria condições de pagar. Desde o cadastro do pedido foi tudo muito rápido e hoje a Laila foi operada. Correu tudo bem e agora não corre mais o risco de procriar, já que tenho em casa outros dois cães machos não castrados”, reportou de Jesus, destacando entender a importância da esterilização. “Recomendo esse programa da prefeitura para todos que se encaixam nos requisitos. Esses animaizinhos dependem em tudo da gente e quando criam os filhotes vão para outros locais onde não se sabe se vão receber o mesmo carinho, se vão ser alimentados, então o melhor a fazer é castrar o quanto antes”, orienta.

O balanço das atividades realizadas nos primeiros sete meses da iniciativa foi celebrado pelo prefeito Júnior da Femac. “Nestes sete meses de programa são 508 castrações gratuitas, que certamente já fazem a diferença na redução do número de animais abandonados pelas ruas da cidade”, pontua o prefeito.

Júnior salienta que para este ano o orçamento de execução do programa é de aproximadamente R$500 mil. “Esta iniciativa municipal, que é coordenada através da Autarquia Municipal de Saúde, também já repassou perto de 8 mil quilos de ração a cuidadores independentes, garantindo auxílio alimentar complementar a centenas de animais”, revela Júnior da Femac.

continua após publicidade

Com mais de 30 anos dedicados à causa animal, Elizabeth Lahnovych é uma das fundadoras do canil municipal de Apucarana e hoje atua como protetora independente. Moradora do Jardim Aclimação, sob sua guarda direta estão mais de 40 cães. Ela é uma das beneficiadas com repasse mensal de ração dentro do Programa Municipal Mais Vida Animal. “Esta ajuda estabelecida pela gestão do prefeito Júnior da Femac é muito valiosa para todos nós, pois a despesa que temos é muito grande. Já gastei herança e mensalmente praticamente todo meu salário é destinado aos cuidados desses animais, além daqueles que encontro na rua e os que ajudo através de outras pessoas. Quero parabenizar a prefeitura pelas mais de 500 castrações dentro do programa. A castração em massa é uma medida que nós, protetores, lutamos há mais de 20 anos”, disse Elizabeth.

Outro apucaranense beneficiado com repasse de ração é Flávio da Fonseca, morador do Distrito de Correia de Freitas. Ele mantém os cuidados a 20 cães em uma chácara. “Este programa da prefeitura tem dado muito suporte não só com ração, castração, mas também com remédio quando a gente precisa. Uma iniciativa muito importante vinda do poder público municipal, sobretudo neste período da pandemia onde a dificuldade de manter os cuidados aos animais aumentou”, revelou Fonseca.