Apucarana

Mais de 3,6 mil novas empresas foram criadas na região

Balanço da Junta Comercial do Paraná traz 5.497 aberturas e 1.813 baixas em 27 municípios

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mais de 3,6 mil novas empresas foram criadas na região
fonte: TNOnline
Mais de 3,6 mil novas empresas foram criadas na região

Relatório estatístico da Junta Comercial do Paraná (Jucepar) revela que a região ganhou 3.684 novas empresas entre janeiro a julho deste ano. O balanço traz 5.497 aberturas e 1.813 baixas nos 26 municípios do Vale do Ivaí mais Arapongas. Todas as cidades fecharam os sete meses com saldo positivo, com destaque para Apucarana (1.116), Arapongas (1.216), Ivaiporã (209) Jandaia do Sul (176) e Faxinal que lideram o ranking regional.

continua após publicidade

Apucarana, maior município da região, registrou 1.670 aberturas e 554 extinções de empreendimentos, fechando com 1.116 empresas. Em Arapongas, a diferença entre 1.806 aberturas e 590 fechamentos, ficou em 1.216 novos empreendimentos neste ano. O terceiro no ranking regional é Ivaiporã que segundo o relatório da Jucepar ganhou 209 novas empresas, seguido por Jandaia do Sul com 176, e Faxinal com 123 empreendimentos.

Para o economista Paulo Cruz, professor da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Apucarana, o boom de novos negócios foi estimulado com o avanço no processo de vacinação. Ele também aponta que o aumento do registro de novas empresas é um efeito da reposição das atividades econômicas perdidas ou retraídas durante o processo de pandemia.

continua após publicidade

“A outra possibilidade é a recriação de novos negócios por desempregados antigos ou recentes também é uma forte tendência na busca de recriação de rendas, são os capitais se realocando.

O economista acredita que os polos de desenvolvimento microrregionais de Arapongas, Apucarana, Ivaiporã e Jandaia do Sul, representam as maiores possibilidades de mercados emergentes regionais que precisam continuamente ser estimuladas por meio de novas ações regionais integradas, para seguirem crescendo.

Apucarana

continua após publicidade

De acordo com a Secretaria de Indústria, Comércio e Emprego de Apucarana total de empresas abertas, 70% são referentes a Microemprendedores Individuais (MEIs), divididos em várias atividades como confecção de peças do vestuário, construção civil, designer de cabelos e comércio varejista. “Novos empreendedores estão surgindo no mercado. As pessoas estão mais motivadas em montar seu próprio negócio. Isso tem ocorrido porque a pandemia fez as pessoas buscarem alternativas”, analisa.

Estrope observa ainda que a vinda de grandes empresas para o município também incentivou o crescimento de determinadas regiões da cidade, provocando a descentralização do comércio. “São empresas de pequeno porte, mas que também geram um impacto muito positivo na geração de empregos”, assinala.

Em Arapongas, a diferença entre 1.806 aberturas e 590 fechamentos, ficou em 1.216 novos empreendimentos neste ano. O terceiro no ranking regional é Ivaiporã que segundo o relatório da Jucepar ganhou 209 novas empresas, seguido por Jandaia do Sul com 176, e Faxinal com 123 empreendimentos.

continua após publicidade

Segundo Estrope, o município tem investido na compra de cursos para capacitar a população, o que tem refletido no aumento de novos empreendedores na cidade.  “Com esse salário mínimo, as pessoas não têm motivação de serem empregados, por isso a prefeitura tem incentivado a formalização de novos empreendedores. A prefeitura tem adquirido muitos cursos do Senae e Senac, isso também faz com que as pessoas vislumbrem montar a própria empresa. E são cursos em áreas que as empresas necessitam de profissionais. Isso fomenta o setor”, assinala. 

Paraná

continua após publicidade

O Paraná registrou um crescimento de 21,65% no saldo de empresas nos primeiros sete meses do ano, comparado ao mesmo período de 2020. A diferença entre aberturas e baixas de 2021 ficou em 109.586, contra 90.081 de 2020. O relatório foi divulgado pela Junta Comercial do Paraná (Jucepar) nesta segunda-feira (9).

Até o momento, foram abertas 165.476 empresas no Estado, sendo 24.235 só em julho, o terceiro melhor resultado do ano. No que diz respeito às baixas, o percentual também teve aumento em comparação ao ano passado, sendo 55.890 em 2021 contra 39.547 em 2020.

“Acredito que no segundo semestre de 2021, esses números serão ainda melhores, pois a retomada da economia no Estado está seguindo em ritmo firme e forte. Alguns fatores nos fazem acreditar nisso, como a vacinação contra a Covid-19, a credibilidade do Governo do Estado, a desburocratização e a celeridade com que as empresas são abertas no Paraná através da Junta Digital”, afirma o presidente da Jucepar Marcos Rigoni.

Até o momento, todos os meses do ano tiveram mais aberturas de empresas do que nos mesmos períodos de 2020. Levando em consideração apenas a abertura, o crescimento até o momento está em 27,65% (165.476 x 129.628).

 Por, Cindy Santos, Jornalista do Grupo Tribuna do Norte

Tags relacionadas: #Apucarana #ARAPONGAS #Empresas