Mais lidas

    Apucarana

    Balanço

    Mais de 350 pessoas são abordadas em fiscalização do toque de recolher

    Mais de 350 pessoas são abordadas em fiscalização do toque de recolher
    Foto por PM Apucarana
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 01.03.2021, 11:49:43 Editado em 01.03.2021, 11:50:30
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Com medidas restritivas que suspenderam atividades e passaram a valer desde sexta-feira (26) até o dia 8 de março, a Polícia Militar, de Apucarana, reforçou a fiscalização pelas ruas com a “Operação Vida”. A ação de acordo com a PM, Gabriella Picanço Xavier, tem como objetivo de diminuir os índices de homicídios, feminicídios, com a presença real da Polícia Militar nas ruas.

    “Foi bem tranquilo com relação às ocorrências durante esse final de semana. As equipes em um primeiro momento, orienta as pessoas e se a orientação for acatada é registrada apenas um boletim de ocorrência. Caso a ordem não seja acatada, os envolvidos são encaminhados até o cartório do 10º BPM e emitida uma multa”, afirma.

    Ao todo, foram fiscalizados e abordados 33 estabelecimentos, 1 estabelecimento notificado, 214 pessoas abordadas, além de 22 veículos vistoriados pela equipe policial. Além da PM, participaram da “Operação Vida”, a equipe da Guarda Civil Municipal, e órgãos de fiscalização da Prefeitura Municipal. Em Jandaia do Sul, a Operação contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Prefeitura Municipal.

    Em Arapongas, a Guarda Municipal e a Polícia Militar, intensificaram as fiscalizações e averiguações de denúncias. Conforme repassado pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito (Sestran), apenas no sábado (27), foram 31 denúncias de estabelecimentos que descumpriam o decreto estadual, além de 150 pessoas abordadas, 42 veículos vistoriados e nenhuma notificação.

    As equipes foram acionadas em cada um dos estabelecimentos, considerados não essenciais, e deram orientações para o fechamento. “Durante do dia tivemos muitas denúncias nesse sentido. Esses locais atenderam as orientações tanto da GM como da PM, e de imediato fecharam às portas. Nossa atuação permanece no decorrer dos próximos dias”, afirma o secretário da Segurança, Paulo Argati.

    Além disso Argati, acredita que as pessoas estão aderindo e respeitando o fechamento das empresas. “A gente vê que algumas pessoas não estão aderindo por falta de orientação e conhecimento, mas a gente vê que está indo bem”, explica.  

    De acordo com o comandante da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (7ª CIPM),  major Humberto Cavalcante, por toda a cidade a “Operação Vida”, cuja finalidade é ampliar a fiscalização com vistas a atender os decretos governamental e municipal sobre as medidas necessárias contra a Covid-19, devem contar também com a colaboração da população. “ Estamos nas Ruas fazendo valer o decreto estadual, sobretudo, nesse período nesses nove dias. Vale lembrar que estamos precisando da união de todos nesse momento, esperamos que tudo volte à normalidade o mais rápido possível”, incluiu. 

    Festa clandestina

    No sábado (27), durante a operação de fiscalização, equipes da Guarda Municipal e Polícia Militar fecharam uma festa clandestina que ocorria em uma chácara na Estrada Taiúva, em Arapongas. Segundo informações, o evento irregular contava com a presença de aproximadamente 50 pessoas - entre elas, jovens menores de 18 anos.

    A festa foi encerrada imediatamente, e o responsável pela festa foi detido em acordo com o artigo Art. 268 – Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa, e encaminhado à delegacia.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Mais de 350 pessoas são abordadas em fiscalização do toque de recolher"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.