Maioria dos moradores de rua em Apucarana tem casa - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Assistência

Foto por Cezar Neves
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Apucarana tem uma população de rua que varia em torno de uma centena de pessoas. Segundo a Secretaria Municipal de Ação Social, menos de 20% deles não têm onde morar. Especificamente, nesses dias mais frios todos foram orientados dos riscos de permanecerem desabrigados. "Foram distribuídos cobertores e agasalhos aos que foram abordados e que buscaram apoio no Centro Pop (Casa de passagem dos que estão pelas vias públicas de Apucarana e buscam assistência do município)", ressalta a secretária da pasta Ana Paula Nazarco.

Ela enfatiza que a Ação Social do Município realiza um estudo nesse sentido e que essa é a realidade. "Quase todos os que estão nas ruas - de todas as idades, têm vínculo familiar e casa para morar na própria cidade", diz. 

Devido a pandemia do coronavírus, não se pode abrigar mais moradores de rua, além dos que já estavam sendo assistidos, explica a secretária. "Quem está em acolhimento permanece, quem sair não pode voltar pelo risco de contaminar os demais", pontua.

Nazarco explica que levantamento feito pela assistência, verificou que tem uma parcela da população de rua, assistidos pelo Auxílio Emergencial e que por terem recebido, não voltaram para os locais, no entanto acabaram gastando o valor (R$ 600), com supérfluos, como drogas lícitas (bebidas) e ilícitas com traficantes que lhes oferecem entorpecentes.

"Muitos fazem uso das ruas, mas não vivem nas ruas, ou têm onde morar e ficam pela cidade por conta da facilidade de usar drogas e até mesmo para fugir da justiça", explica.

A lei permite o direito de ir e vir, portanto a Ação Social, por mais que tenha um cadastro dessa população, não pode oferecer as informações à polícia, por exemplo. "A não ser que haja um mandado ou que aconteça algum flagrante delito", comenta a secretária.

Apucarana tem o Centro Pop que é mantido pela prefeitura e a Casa da Misericórdia que é mantida por doações, por onde passavam centenas de andarilhos - até antes da pandemia, e que no momento abriga mais de 130 moradores, sendo a grande maioria deles, homens de várias regiões do Brasil que recebem assistência, alimentação e vivem no local que fica na zona rural de Apucarana.

Da redação

Deixe seu comentário sobre: "Maioria dos moradores de rua em Apucarana tem casa"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.