Lideranças aprovam medidas de enfrentamento ao Coronavírus - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

APUCARANA

Lideranças aprovam medidas de enfrentamento ao Coronavírus

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Neste domingo, dia 9 de agosto, estão sendo completados quatro meses da confirmação do primeiro caso do novo Coronavírus (Covid-19) em Apucarana. Neste período, a Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) se estruturou, gradativamente, para o enfrentamento da pandemia e muitas ações foram empreendidas.

Passados 120 dias, Apucarana acumula 725 pessoas contaminadas, 589 curadas, 813 em isolamento no momento e 20 óbitos. “Neste período, ampliamos o diálogo com lideranças e a população. Com base nestas interações e no monitoramento constante dos números, foram definidas uma série de medidas sanitárias e elaborado um plano de enfrentamento”, comenta o prefeito Junior da Femac.

Outras lideranças de Apucarana avaliam que o enfrentamento do Coronavírus vem sendo conduzido de forma adequada, destacando principalmente o canal de diálogo existente, o trabalho de conscientização realizado e a transparência no repasse das informações. Além das medidas sanitárias, outro aspecto ressaltado foram as ações desenvolvidas visando garantir a manutenção de empregos.

“A situação está sendo administrada de forma adequada, e, graças a este enfrentamento, a situação não fugiu do controle e, até que se crie uma vacina, estamos conseguindo conviver com o vírus”, avalia o empresário Jayme Leonel, presidente da Associação, Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia).

Jayme Leonel também salienta que as medidas permitiram a retomada da atividade econômica, seguindo-se os protocolos recomendados. “Tudo está sendo feito dentro do possível, com o monitoramento diário dos índices e com o diálogo permanente com a sociedade. Esperamos que esse canal permaneça aberto e que as lideranças continuem sendo ouvidas, para que as ações sejam consenso e tomadas de forma organizada”, pondera Jayme Leonel.

 A irmã Geovana Ramos, diretora-geral do Hospital da Providência, destaca as ações de enfrentamento, como a criação do Pronto Atendimento do Coronavírus, as lives diárias de conscientização do prefeito Junior da Femac sobre as medidas e protocolos a serem seguidos e o aumento do número de leitos hospitalares. “Apucarana está no caminho certo. Estamos passando agora pela fase mais crítica e o Hospital se preparou para esse momento. No entanto, a gente sabe que poderia estar muito pior caso as medidas de enfrentamento não tivessem sido adotadas. Agora é momento de manter tudo o que foi feito, respeitando rigorosamente os protocolos”, frisa a irmã Geovana.

MEDIDAS DO PÓS-PANDEMIA – O prefeito Junior da Femac pondera que a pandemia do Novo Coronavirus tem como um dos principais efeitos, a redução das atividades econômicas. Segundo ele, isso afeta todos os setores mais, sobretudo, o comércio e os prestadores de serviços.

“A partir de agora, terão de ser adotadas novas medidas, em conjunto pelo setor do Comércio, da Indústria, Agroindústria, Agricultura e Pecuária e pelo setor dos serviços. Por isso, já há alguns dias convoquei lideranças do setor produtivo, para estruturarmos um grupo de trabalho que acompanhará as medidas que visam dinamizar a economia no pós-pandemia”, anuncia Junior.

O prefeito revela que, a prefeitura por meio do Idepplan, firmou convenio como Sebrae para que seja feito um diagnóstico de quais setores da economia foram mais afetados pela Pandemia. “Estas duas medidas, ou seja, a formação do grupo de trabalho e o convênio com o Sebrae  já estão em andamento”, assinala.

Nestes 120 dias após o surgimento do primeiro caso de contaminação, Apucarana foi uma das cidades de médio e grande porte que fecharam por menor tempo os vários setores da economia. “O pacote de obras da prefeitura não parou, contribuindo para a manutenção de centenas de empregos. São escolas, UBS, Pavimentação e Obras em geral”.

Junior da Femac lembra que o poder público estimulou o setor do vestuário de Apucarana a começar a produzir máscaras. E a prefeitura fez as primeiras compras. “Hoje Apucarana que é a maior produtora de roupas do Paraná, é também uma das maiores produtoras de mascaras do Estado. Esta medida ajudou a preservar milhares de empregos.

A Prefeitura comprou 100 mil máscaras descartáveis e 170 mil máscaras de tecido, que foram distribuídas para a população. “Mantivemos o pagamento dos terceirizados da Prefeitura para evitar o desemprego. A Câmara aprovou nosso Projeto de Lei e com isso conseguimos pagar professores da hidroginástica e natação, o pessoal que faz o transporte escolar, professores de música e de dança e, enfim, todos os terceirizados da prefeitura”, recorda Junior.

Neste período a prefeitura comprou os produtos da agricultura familiar para entregar lotes para famílias de alunos das escolas municipais, contribuindo para manter o emprego e a renda no campo.

A prefeitura também estruturou o atendimento para a liberação da linha de crédito do “Paraná Recupera”. Os servidores foram treinados para o atendimento no setor térreo da prefeitura. “Somos a cidade do Paraná com maior número de contratos assinados, só ficamos atrás da Capital. São 1.140 contratos assinados, com empresas de pequeno porte, MEI`S, profissionais liberais formalizados ou não. Chegamos a R$ 6 (seis) milhões de contratos”, diz Junior, acrescentando que, com isso foi possível manter muitas pequenas empresas e empregos.

“Ainda nestes 120 dias, pagamos todos os fornecedores em dia e os salários dos servidores em dia. Sempre insistindo para que todos gastassem em Apucarana para manter os nossos empregos”, lembra o prefeito.

OUTRAS MEDIDAS ADOTADAS:

Criação do Pronto Atendimento Municipal do CoronavírusDestinação de ambulâncias exclusivas para o atendimento na pandemiaContratação de mais médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagemCompra de vários lotes de testes rápidos do CoronavírusVacinação contra a Gripe, atingindo 94,8% do público alvoAmpliação dos leitos normais e de UTI para pacientes do coronavírusInstalação de totens com álcool em gel nos principais prédios públicos e no terminal de transporte urbanoFiscalização diária e contínua para cumprimento de horários e de outras normas preventivasMedidas de socorro e de acolhimento de moradores de rua e outros grupos vulneráveisDistribuição de 9 mil cestas básicas nos CRAS e no Centro dos Idosos

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Lideranças aprovam medidas de enfrentamento ao Coronavírus"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.