Apucarana

Lideranças aprovam medidas de enfrentamento ao Coronavírus

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Lideranças aprovam medidas de enfrentamento ao Coronavírus
Lideranças aprovam medidas de enfrentamento ao Coronavírus

Neste domingo, dia 9 de agosto, estão sendo completados quatro meses da confirmação do primeiro caso do novo Coronavírus (Covid-19) em Apucarana. Neste período, a Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) se estruturou, gradativamente, para o enfrentamento da pandemia e muitas ações foram empreendidas.

continua após publicidade

Passados 120 dias, Apucarana acumula 725 pessoas contaminadas, 589 curadas, 813 em isolamento no momento e 20 óbitos. “Neste período, ampliamos o diálogo com lideranças e a população. Com base nestas interações e no monitoramento constante dos números, foram definidas uma série de medidas sanitárias e elaborado um plano de enfrentamento”, comenta o prefeito Junior da Femac.

Outras lideranças de Apucarana avaliam que o enfrentamento do Coronavírus vem sendo conduzido de forma adequada, destacando principalmente o canal de diálogo existente, o trabalho de conscientização realizado e a transparência no repasse das informações. Além das medidas sanitárias, outro aspecto ressaltado foram as ações desenvolvidas visando garantir a manutenção de empregos.

continua após publicidade

“A situação está sendo administrada de forma adequada, e, graças a este enfrentamento, a situação não fugiu do controle e, até que se crie uma vacina, estamos conseguindo conviver com o vírus”, avalia o empresário Jayme Leonel, presidente da Associação, Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia).

Jayme Leonel também salienta que as medidas permitiram a retomada da atividade econômica, seguindo-se os protocolos recomendados. “Tudo está sendo feito dentro do possível, com o monitoramento diário dos índices e com o diálogo permanente com a sociedade. Esperamos que esse canal permaneça aberto e que as lideranças continuem sendo ouvidas, para que as ações sejam consenso e tomadas de forma organizada”, pondera Jayme Leonel.

 A irmã Geovana Ramos, diretora-geral do Hospital da Providência, destaca as ações de enfrentamento, como a criação do Pronto Atendimento do Coronavírus, as lives diárias de conscientização do prefeito Junior da Femac sobre as medidas e protocolos a serem seguidos e o aumento do número de leitos hospitalares. “Apucarana está no caminho certo. Estamos passando agora pela fase mais crítica e o Hospital se preparou para esse momento. No entanto, a gente sabe que poderia estar muito pior caso as medidas de enfrentamento não tivessem sido adotadas. Agora é momento de manter tudo o que foi feito, respeitando rigorosamente os protocolos”, frisa a irmã Geovana.

continua após publicidade

MEDIDAS DO PÓS-PANDEMIA – O prefeito Junior da Femac pondera que a pandemia do Novo Coronavirus tem como um dos principais efeitos, a redução das atividades econômicas. Segundo ele, isso afeta todos os setores mais, sobretudo, o comércio e os prestadores de serviços.

“A partir de agora, terão de ser adotadas novas medidas, em conjunto pelo setor do Comércio, da Indústria, Agroindústria, Agricultura e Pecuária e pelo setor dos serviços. Por isso, já há alguns dias convoquei lideranças do setor produtivo, para estruturarmos um grupo de trabalho que acompanhará as medidas que visam dinamizar a economia no pós-pandemia”, anuncia Junior.

O prefeito revela que, a prefeitura por meio do Idepplan, firmou convenio como Sebrae para que seja feito um diagnóstico de quais setores da economia foram mais afetados pela Pandemia. “Estas duas medidas, ou seja, a formação do grupo de trabalho e o convênio com o Sebrae  já estão em andamento”, assinala.

continua após publicidade

Nestes 120 dias após o surgimento do primeiro caso de contaminação, Apucarana foi uma das cidades de médio e grande porte que fecharam por menor tempo os vários setores da economia. “O pacote de obras da prefeitura não parou, contribuindo para a manutenção de centenas de empregos. São escolas, UBS, Pavimentação e Obras em geral”.

Junior da Femac lembra que o poder público estimulou o setor do vestuário de Apucarana a começar a produzir máscaras. E a prefeitura fez as primeiras compras. “Hoje Apucarana que é a maior produtora de roupas do Paraná, é também uma das maiores produtoras de mascaras do Estado. Esta medida ajudou a preservar milhares de empregos.

continua após publicidade

A Prefeitura comprou 100 mil máscaras descartáveis e 170 mil máscaras de tecido, que foram distribuídas para a população. “Mantivemos o pagamento dos terceirizados da Prefeitura para evitar o desemprego. A Câmara aprovou nosso Projeto de Lei e com isso conseguimos pagar professores da hidroginástica e natação, o pessoal que faz o transporte escolar, professores de música e de dança e, enfim, todos os terceirizados da prefeitura”, recorda Junior.

Neste período a prefeitura comprou os produtos da agricultura familiar para entregar lotes para famílias de alunos das escolas municipais, contribuindo para manter o emprego e a renda no campo.

A prefeitura também estruturou o atendimento para a liberação da linha de crédito do “Paraná Recupera”. Os servidores foram treinados para o atendimento no setor térreo da prefeitura. “Somos a cidade do Paraná com maior número de contratos assinados, só ficamos atrás da Capital. São 1.140 contratos assinados, com empresas de pequeno porte, MEI S, profissionais liberais formalizados ou não. Chegamos a R$ 6 (seis) milhões de contratos”, diz Junior, acrescentando que, com isso foi possível manter muitas pequenas empresas e empregos.

“Ainda nestes 120 dias, pagamos todos os fornecedores em dia e os salários dos servidores em dia. Sempre insistindo para que todos gastassem em Apucarana para manter os nossos empregos”, lembra o prefeito.

OUTRAS MEDIDAS ADOTADAS:

Criação do Pronto Atendimento Municipal do CoronavírusDestinação de ambulâncias exclusivas para o atendimento na pandemiaContratação de mais médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagemCompra de vários lotes de testes rápidos do CoronavírusVacinação contra a Gripe, atingindo 94,8% do público alvoAmpliação dos leitos normais e de UTI para pacientes do coronavírusInstalação de totens com álcool em gel nos principais prédios públicos e no terminal de transporte urbanoFiscalização diária e contínua para cumprimento de horários e de outras normas preventivasMedidas de socorro e de acolhimento de moradores de rua e outros grupos vulneráveisDistribuição de 9 mil cestas básicas nos CRAS e no Centro dos Idosos

Tags relacionadas: #Apucarana #covid