Apucarana

Jovem de Apucarana que amputou o pé precisa de ajuda

Camila, esposa do jovem, vendia doces no centro da cidade, mas agora precisa ficar em casa para ajudar na recuperação do marido

Da Redação ·

Marcos Fernando Monteiro dos Santos, de 25 anos, que perdeu o pé após se envolver em um acidente no último dia 5 na BR-369, precisa de ajuda para manter a família. A esposa dele, Camila Conceição Cardoso, de 21 anos, contou que o marido, por problemas de saúde, recebe um auxílio doença, e ela para ajudar a complementar a renda vendia doces no centro de Apucarana, mas, agora, precisa ficar em casa para ajudar na recuperação do ferido. O casal, que tem uma filha de 11 meses, mora no Residencial Solo Sagrado.

continua após publicidade

Camila contou que a família precisa de ajuda para comprar remédios e tentar juntar dinheiro para comprar uma prótese. "Meu marido está bem, tentando se recuperar, parece que ainda não caiu a ficha que ele perdeu o pé. Estou ficando em casa para cuidar dele, vendia doces no centro de Apucarana, mas agora tenho que ficar em casa. Estamos contando com ajuda da comunidade, quem quiser colaborar com algum valor, pode me enviar via pix através do CPF: 123.581.149.28, eu moro na Rua Doutor José Francisco Monte Lima, número 17", disse.

O ACIDENTE:

continua após publicidade

Um motociclista de 25 anos perdeu o pé direito em um acidente na noite de quinta-feira, 05, na BR 369, próximo ao pontilhão, em Apucarana.

Um casal que estava em uma motocicleta, sentido Apucarana a Arapongas, teria sido fechado por um veículo gol branco, o que fez com que eles caíssem na canaleta da pista e a moto foi arremessada para o outro lado. Mesmo com a queda, o casal nada sofreu.

Em busca da moto, o rapaz atravessou a pista para recuperar o veículo. Neste momento ele foi atropelado por um carro modelo Corolla, com placas de Apucarana. O motorista parou para prestar socorro. A vítima perdeu o pé direito na hora.

Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foram acionados para atender a vítima, que foi encaminhada ao Hospital da Providência em estado considerado moderado, sem risco de perder a vida