Apucarana

Irmãs são presas em ponto de venda de drogas em Apucarana

Ocorrência foi registrada nesta quinta-feira (17), no Jardim Marissol

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Irmãs são presas em ponto de venda de drogas em Apucarana
fonte: PM Apucarana

Duas mulheres envolvidas com tráfico de drogas foram presas no Jardim Marissol, em Apucarana, nesta quinta-feira (17). Dentro da casa onde vivem, a equipe da Polícia Militar (PM) encontrou 24 porções de maconha, pesando 69 gramas; 6 gramas de crack e 8 gramas de cocaína, além de objetos utilizados na venda dos entorpecentes.

continua após publicidade

A equipe começou a investigar o local onde as detidas moram no dia 1º de março, quando a PM prendeu um traficante na área central de Apucarana, que estava com grande quantia de entorpecente e dinheiro trocado. O detido, de acordo com a equipe, contou onde estava morando e a PM descobriu que é um ponto de tráfico de drogas e repassou a informação para a Polícia Civil, que fez uma grande apreensão de drogas no dia seguinte, no dia 2 de fevereiro. 

No entanto, nesta quinta-feira (17), durante patrulhamento, a equipe foi até o mesmo endereço viu duas mulheres em frente à casa e percebeu que uma delas escondeu algo dentro do sutiã. Já a outra suspeita, entrou rapidamente em um dos quartos do local. Durante a abordagem, a PM perguntou para a mulher o que ela havia colocado na peça íntima e ela retirou três porções de crack e uma porção de maconha.

continua após publicidade

As suspeitas disseram aos policiais que eram irmãs e alegaram ser as moradoras da residência. Como o local sempre recebe denúncia e está em péssimas condições de habitação, a PM verificou a residência e uma das mulheres ficou desesperada e pediu para ir ao banheiro. 

Conforme o boletim, a todo momento as suspeitas tentavam disfarçar e dispensar uma porção de cocaína. Na residência, a PM localizou mais uma porção de crack, além de 24 porções de maconha prontas para serem comercializadas, uma peneira, uma tesoura, papel plástico, dois celulares de procedência duvidosa e um caderno com prováveis anotações do tráfico de drogas.

Diante dos fatos, as irmãs foram presas e encaminhadas até a 17ª Subdivisão Policial (SDP).

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News