Apucarana

IPTU vai poder ser pago via “pix” em Apucarana

Para o pagamento, o contribuinte vai necessitar emitir uma segunda-via do boleto

Da Redação ·

Além das agências bancárias da Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco do Brasil (BB), e também correspondentes lotéricos, a cota única ou parcelas do Imposto Predial, Territorial e Predial Urbano (IPTU) de Apucarana poderão ser quitadas via “pix”, meio de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central (BC) e que já se popularizou entre os brasileiros.

continua após publicidade

A informação foi confirmada nesta quarta-feira (9) pela secretária Municipal da Fazenda da Prefeitura de Apucarana, Sueli Pereira, ao reforçar alerta de que o pagamento do imposto tem vencimento nesta quinta-feira (10). “O “pix” é uma forma prática, rápida e segura de pagamento que já é utilizado por grande parte dos cidadãos e acreditamos que muitos contribuintes irão aprovar e preferir esta opção, onde os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia, através de uma operação online”, salienta Sueli.

Para o pagamento via “pix” do IPTU de Apucarana, o contribuinte vai necessitar emitir uma segunda-via do boleto. “Desta vez não será possível fazer o pagamento “pix” pelo carnê que chegou via correio, pois a homologação aconteceu posteriormente à impressão. Com isto, o cidadão deverá emitir uma nova guia pela internet, através do site da prefeitura – www.apucarana.pr.gov.br – no link “IPTU” na área de “Serviços” e escolher a opção de impressão no formato “pix””, orienta Sueli Pereira, secretária Municipal da Fazenda.

continua após publicidade

Apesar do prazo final para pagamento da cota única ou da primeira parcela encerrar nesta quinta-feira, 21% da população já quitou a obrigação à vista, segundo balanço da Secretaria Municipal da Fazenda. “Isto nos faz acreditar que teremos mais uma vez cerca de 50% dos contribuintes saldando o imposto em cota única, que dá direito a um desconto de 5% sobre o valor global”, afirma Sueli Pereira, secretária Municipal da Fazenda. Segundo ele, para este exercício fiscal, 56.733 carnês foram gerados pela Secretaria Municipal da Fazenda com lançamento na ordem de R$33.963.339,30.