Apucarana

Homem que matou morador de rua em Apucarana é condenado

O réu não foi encontrado, então foi julgado à revelia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homem que matou morador de rua em Apucarana é condenado
fonte: TNOnline

O homem que matou um morador de rua em Apucarana, em 2013 foi julgado nesta quinta-feira (5). Cláudio de Souza Lima foi condenado a seis anos e sete meses, no regime semiaberto pelo crime de homicídio simples. O réu não foi encontrado, então foi  julgado à revelia. 

continua após publicidade

O crime: Cláudio de Souza Lima, 39 anos,  é acusado pelo homicídio de Júnior de Lima Lopes, 27 anos, durante um desentendimento envolvendo várias pessoas, que seriam moradores de rua. O caso aconteceu na rua Firman Neto, perto da rodoviária de Apucarana. Cláudio, na época,  foi preso em flagrante e encaminhado à 17ª Subdivisão Policial.

O crime aconteceu em 30 de setembro de 2013, no início da tarde. Segundo informações do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, vários homens estariam envolvidos numa briga. Uma equipe da Guarda Municipal foi deslocada para a ocorrência, já encontrando a vítima caída. O Samu chegou a ser acionado na ocasião, mas a vítima, com uma facada no peito, morreu durante o atendimento.

continua após publicidade

A Polícia Militar fez duas prisões, na ocasião. Paulo Roberto Moreira da Silva, com 44 anos, foi preso e relatado aos policiais que havia se desentendido com Júnior de Lima Lopes, porém, quem teria desferido a facada, segundo ele, teria sido Cláudio de Souza Lima. Ele, por sua vez, teria relatada aos policiais, na época, que teria quebrado e jogado a faca, que foi localizada pela equipe policial.