Apucarana

Homem que assediou mulher em Apucarana é preso novamente

O delegado ainda disse que o homem pode ter assediado outras mulheres; assista

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homem que assediou mulher em Apucarana é preso novamente
Homem que assediou mulher em Apucarana é preso novamente

O homem de 41 anos que foi preso na segunda-feira (22) por passar a mão no corpo de uma mulher no centro de Apucarana, e havia sido libertado na terça-feira (23), está novamente na cadeia.

continua após publicidade

A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (24) a pedido do Ministério Público. Ele já está na 17ª Subdivisão Policial de Apucarana. De acordo com o delegado Marcus Felipe da Rocha, a prisão preventiva foi expedida pelo Poder Judiciário nesta quarta-feira (24). "Diante dos elementos que foram juntados ao inquérito policial, trazido aos autos toda a ficha criminal do indivíduo, o MP analisou e viu que seria cabível a decretação da preventiva, que foi  expedida pelo Judiciário", explicou.

Ainda segundo o delegado, o homem foi localizado em uma residência na Vila Rural Nova Ucrânia e não resistiu a prisão. Ele informou ainda que o homem estaria embriagado no momento em que os policiais chegaram para cumprir o mandado de prisão.

continua após publicidade

O delegado ainda disse que o homem pode ter assediado outras mulheres, porém, até o momento, nenhuma vítima procurou a polícia. Assista: 

 Homem que assediou mulher em Apucarana é preso novamente - Vídeo por: Reprodução  

O caso

continua após publicidade

Uma câmera instalada no centro de Apucarana, registrou o momento em que uma jovem, que estava trabalhando, é assediada. Um homem se aproxima e passa a mão no corpo dela. O caso aconteceu na manhã de segunda-feira, e o homem foi preso em flagrante por importunação sexual. A gravação ainda mostra que após ser assediada, a jovem, inconformada, reage, porém, o homem segue andando.

Na terça-feira (23), o delegado Marcus Felipe da Rocha, informou que determinou a prisão do homem em flagrante, pelo crime de importunação sexual. "É um comportamento reprovável, um desrespeito às mulheres. É um comportamento que não podemos tolerar", disse. 

Conforme a Polícia Civil, o homem foi solto no final da tarde de terça-feira (23), mediante alvará de soltura expedido pela Justiça. 

continua após publicidade

Agora, ele está novamente preso e a disposição da Justiça.

Vítima

A jovem, de 19 anos, que estava trabalhando no centro de Apucarana, no norte do Paraná, e foi vítima de importunação sexual, disse que desde segunda-feira (22), quando o crime aconteceu, não consegue dormir direito, que ainda se sente mal pela situação que viveu. Assista clicando aqui.

Tags relacionadas: #Apucarana #Assédio #Cadeia #preso