Governo garante ampliação do Hospital da Providência de Apucarana - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Saúde

Governo garante ampliação do Hospital da Providência de Apucarana

Foto por Jose Fernando Ogura
Escrito por AEN
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Governo do Estado vai investir R$ 16,2 milhões na reforma e ampliação do Hospital da Providência, em Apucarana, no Vale do Ivaí. A ordem de serviço foi assinada nesta quarta-feira (02) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em cerimônia na sede do complexo médico. A contrapartida do hospital é de R$ 853 mil. O prazo para a conclusão da obra é de 18 meses.

O hospital é filantrópico e cerca de 80% dos atendimentos é por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos serão usados na modernização de uma área de 2.720 metros quadrados e também na construção do terceiro pavimento da unidade. O espaço de 2.151 metros quadrados e vai receber a nova maternidade e o setor de pediatria do hospital. Serão ao todo 28 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo dez neonatal. O local funciona atualmente em uma estrutura provisória em um prédio alugado, próximo à sede do hospital.

“É praticamente um hospital novo que será levantado, o que reforça o atendimento de todo o Vale do Ivaí, uma região que sempre precisou de investimentos na saúde”, afirmou Ratinho Junior. “Vale lembrar que a ordem de serviço significa que a construção vai começar imediatamente, não há mais nenhuma questão burocrática para ser vencida”, enfatizou.

O governador lembrou que o Hospital da Providência é referência no atendimento de gestantes e bebês, especialmente em casos de gestação de alto risco, para uma região que abrange 17 municípios do Centro Norte do Paraná, vinculados à 16ª Regional de Saúde do Estado. “A maternidade vai mudar a vida de mamães e bebês, especialmente daqueles casos de risco, de alta complexidade”, disse Ratinho Junior.

A unidade é administrada pelo Grupo Hospitalar Nossa Senhora das Graças, das Irmãs Filhas da Caridade, desde 2012. A nova estrutura permitirá que o centro médico amplie os serviços oferecidos.

Além da UTI, o espaço abrigará centro obstétrico, ginecologia, pediatria, cinco salas cirúrgicas, duas salas de parto, uma banheira para parto humanizado, sete boxes de observação, uma sala para parturientes e consultórios clínicos.

Está previsto, ainda, amplo espaço para o Banco de Leite Materno e Unidades de Assistência ao Paciente, como uma brinquedoteca.

“É como se o Hospital da Providência ganhasse um novo hospital do zero, ofertando as melhores condições possíveis", disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

UTI – As unidades de terapia intensiva serão divididas em quatro modelagens. Dez adulto, para abrigar as mães; dez para os recém-nascidos (neonatal), cinco intermediária (em que o bebê ainda não fica no mesmo espaço que a mãe) e três chamadas de canguru, quando a criança já não está mais incubada e pode ficar junto com a mãe.

“É algo muito importante, que vai fazer uma diferença muito grande na comunidade de Apucarana. Hoje, por exemplo, quando a mãe precisa de UTI, tem de ser transferida para a unidade principal, assim como o bebê”, explicou a diretora-geral do complexo, Irmã Geovana Aparecida Ramos. “Tudo isso só está acontecendo graças à união da sociedade civil, que ajudou a custear os projetos iniciais de maneira voluntária, com o Estado", completou.

Ela destacou que, apesar de passarem a funcionar dentro da mesma unidade, maternidade e hospital terão acesso distintos. Segundo a diretora, será construída uma entrada exclusiva para espaço da criança, via Rua Dr. Nagib Daher. “É bom sempre reforçar que o espaço terá um acesso exclusivo, separado do pronto-socorro”, disse ela.

MATERNO-INFANTIL - Atualmente, o atendimento no Hospital da Providência é dividido em prédios, sendo um específico para atendimento materno-infantil (alugado) e outro com estrutura de hospital geral (sede própria). São 192 leitos gerais para o SUS.

A maternidade do hospital realiza, em média, 236 partos por mês de risco intermediário e alto risco. São perto de mil procedimentos cirúrgicos e 5.435 pacientes a cada 30 dias em mais de 20 serviços ofertados.

“O governador Ratinho Junior tem um olhar carinhoso pela saúde do Interior do Estado. Um carinho pela mãe, criança, idoso e com o paciente que tem câncer. A orientação dele é para atender todos os paranaenses”, ressaltou o secretário Beto Preto

CÂNCER - O tratamento do câncer no Hospital da Providência também promete entrar numa nova fase ainda neste ano, com o início do atendimento da nova Unidade de Radioterapia, prevista para outubro. Atualmente, o ambulatório de tratamento do câncer funciona em uma estrutura que faz fundos com o prédio do Hospital da Providência, onde não é possível a ampliação.

O governador Ratinho Junior visitou a nova unidade e conheceu o acelerador linear, equipamento de alta tecnologia que, segundo a diretora do hospital, só exista em São Paulo. O aparelho de mais de R$ 5 milhões foi doado pela Itaipu Binacional.

Já a Secretaria de Estado da Saúde destinou R$ 735 mil para a aquisição de outros aparelhos que vão ajudar a equipar a unidade para o tratamento do câncer. “Vamos oferecer o que há de melhor aos nossos pacientes", comentou Geovana.

PRESENÇAS - Participaram do ato o chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Guto Silva; o secretário João Carlos Ortega (Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas); os deputados estaduais Alexandre Curi, Cobra Repórter e Tiago Amaral; Dom Carlos José de Oliveira, arcebispo da Diocese de Apucarana, além de lideranças políticas e empresariais da região.

BOX

Governador vistoria obras de acesso à cidade

O governador Carlos Massa Ratinho Junior vistoriou também nesta quarta-feira (02) a obra estruturante da Rua Cristiano Kussmaul, na região sul de Apucarana. A reconstrução de um trecho de 2,3 quilômetros, que está alinhada com a duplicação do Contorno Sul do município, será finalizada em setembro.

A modernização contempla, ainda, implantação de alargamento da via com construção de meio-fio, calçadas com acessibilidade, pavimentação asfáltica, plantio de árvores, grama e sinalização de trânsito.

“É uma grande rua, completamente reformulada, que vai criar uma nova porta de entrada em Apucarana. Um investimento de mais de R$ 3 milhões para melhorar a qualidade de vida das pessoas", afirmou Ratinho Junior.

A nova pista de rolamento tem 10 metros de largura, com asfalto próprio para tráfego pesado, garantindo ligação mais rápida e segura ao Contorno Sul do município. A ação representa investimento na ordem de R$ 3,06 milhões, sendo R$ 2,44 milhões via Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas e R$ 620,45 mil de contrapartida municipal.

“A obra estruturante vai trazer mais desenvolvimento para essa região da cidade. Cria uma nova ligação com o Contorno Sul e setor industrial, abrindo a possibilidade de novas indústrias se instalarem em Apucarana”, destacou o secretário do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Governo garante ampliação do Hospital da Providência de Apucarana"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.