Apucarana

Gosta do calor? Apucarana deve registrar 37ºC nesta terça

No centro de Apucarana pessoas tentavam se proteger do sol; veja

Da Redação ·

Apucarana deve registrar nesta terça-feira (21), 37ºC , de acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná, Simepar. O calorão anuncia a chegada da primavera, que começa no próximo dia 22.

continua após publicidade

Ainda de acordo com o Simepar, nesta segunda o calor também será intenso, com termômetros  registrando 36°C. 

No centro do município, muitos homens aderiram ao boné para se prevenir do forte sol. É possível encontrar mulheres com sombrinha e claro, pessoas carregando garrafas com água. 

continua após publicidade

Paulo de Souza veio recentemente de São Paulo e estranhou a diferença do clima. Para aguentar o calor, ele tem ingerido bastante água. "Estou sempre me hidratando, eu vim de São Paulo e lá não é assim, está sendo difícil acostumar com o clima, estou bebendo bastante água e em casa tento deixar sempre o ambiente com humidificador", disse.

Já Adeildo Germano disse que além de beber muita água, tenta se proteger do sol andando pela sombra. "Temos que nos prevenir, hidratar, tem que tomar bastante liquido, pressão alta, desmaio, ando muito por aí, sempre vejo pessoas passando mal por causa do calor, desmaiando, esse tempo é doido, um dia calor outro mais fresco, procuro sempre andar pela sombra", conta. 

Qual a importância da hidratação para o nosso corpo?

continua após publicidade

Nosso organismo é composto por cerca de 70% de água. Ela está dentro de todas as nossas células, no sangue, no cérebro, entre as articulações. Nosso organismo usa a água para funções como:

auxiliar nas reações químicas que produzem energia para as células;

lubrificar nossa boca, a garganta e todas as demais partes do sistema respiratório;

continua após publicidade

produzir saliva e secreções para ajudar na condução e digestão dos alimentos;

manter a temperatura do nosso corpo estável;

continua após publicidade

permitir a circulação adequada do sangue.

Por que se hidratar durante o clima quente?

Nosso corpo precisa manter uma temperatura estável, que deve ficar por volta de 35,5 a 37,5°C medidos nas axilas. Caso contrário, várias reações importantes começam a falhar. Quando atingimos temperaturas acima de 39º a 40º, ocorre, inclusive, risco significativo de morte devido à hipertermia – esse é o nome que os médicos dão para temperaturas corporais elevadas. Quando o calor chega com os termômetros acima de 30ºC, nosso organismo tem dificuldade em manter a faixa de temperatura saudável. Então, usa mecanismos para se resfriar, como o suor. Com isso, ele libera muito mais água do que o normal e, consequente, a desidratação ocorre com mais facilidade.

continua após publicidade

E no clima seco?

Quando o tempo está seco é como se o ar roubasse a umidade do corpo de forma que ele se resseque mais rapidamente. Por esse motivo, beber água é muito importante para repor a hidratação perdida.

Qual a quantidade certa de água que devemos beber? Com qual frequência?

continua após publicidade

A gente sempre ouve que devemos beber dois litros de água todos os dias. Então, primeiro precisamos desmitificar essa ideia: a quantidade de água não é fixa para todo mundo. Ela depende especialmente do peso do indivíduo, do sexo e da idade. De forma geral, os adultos precisam de 35 ml por cada quilo de peso. Então, é preciso levar isso em consideração na hora de planejar a quantidade de água (aqui, não vale tomar outros líquidos) a ingerir durante o dia.

Portanto, a hidratação é essencial nesse clima quente e seco e vai ajudar nosso organismo a repor todo a água que falta para funcionar bem. Os benefícios são enormes e fundamentais para uma vida saudável.

continua após publicidade

Previsão primavera no Brasil: 

O equinócio da primavera no Hemisfério Sul será às 16h21 do dia 22 de setembro. É o início astronômico da primavera que se estende até  às 12h59 de 21 de dezembro de 2021, quando se inicia o  verão. 

A primavera também é uma época de menos chuva, e até poderíamos dizer do período de seca, do norte da Região Norte do Brasil , em áreas como Roraima, o Amapá, o norte do Pará e do Amazonas.

continua após publicidade

Primavera com La Niña

Mas a primavera de 2021 será com o desenvolvimento de um evento na La Niña, o que vai proporcionar um aumento da chuva sobre a Região Norte. O excesso de precipitação no último período úmido sobre o Norte do Brasil resultou no novo recorde histórico do nível do rio Negro, em Manaus.

Depois de ter predominado no verão 2020/2021, o fenômeno La Niña retorna nesta primavera desta vez na sua forma Modoki. Os principais centros de monitoramento do clima global apontam que este evento La Niña estará completamente configurado na virada de setembro para outubro.

continua após publicidade

Um aspecto especial do La Niña Modoki é estimular mais chuva durante a primavera do que no verão.

O La Niña deve influenciar toda a primavera e o verão, porém, o fenômeno deve  voltar aos padrões normais (perder a característica Modoki) no fim do verão 2021/2022. 

Confira agora, em linhas gerais o que se espera para primavera de 2021 no Brasil.

Temperatura

No maior parte da estação teremos temperaturas médias mensais dentro e acima da media normal em praticamente todo o país. É possível a ocorrência de nova onda de calor, porém não tão intensa quanto a observada na primavera de 2020, quando várias regiões do país bateram recordes históricos de calor. 

O aumento da chuva em novembro vai fazer com que grande parte do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil fiquem menos quente neste mês.

Chuva

Desde o início de setembro, as pancadas de chuva retornaram sobre a várias áreas do Sudeste e do Centro-Oeste do país,  mas de forma irregular. As precipitações mais frequentes e volumosas durante o mês de setembro devem ser observadas no Rio Grande do Sul, em Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre e Amazonas.

Outubro e também novembro devem ser dois meses com o aumento da frequência e do volume de chuva sobre o Sudeste, Centro-Oeste e principalmente o sobre o Norte do Brasil. 

Apesar da tendência de volume chuva acima da média normal em áreas importantes para o abastecimento dos reservatórios para geração de energia, o volume de chuva ainda estará muito abaixo do necessário para regularizar a situação.

Colaboração: Ministério da Saúde e Climatempo 

Tags relacionadas: #Apucarana #calor #Simepar