Apucarana

Gestão ambiental rende prêmio estadual a Apucarana

Diante da pandemia, troféus e certificados estão sendo agora repassados aos municípios em solenidades locais

Da Redação ·

Acompanhado do secretariado municipal, o prefeito Júnior da Femac recebeu nesta terça-feira (9), das mãos dos auditores fiscais do Estado do Paraná Reginaldo de França, José Américo de Silva Pinto e José Carlos Guidotti, a premiação obtida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente junto ao 9ª Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), ao vencer a categoria “Meio Ambiente” com o Programa “Apucarana Mais Verde”. No mesmo ato, Júnior recebeu ainda o certificado de menção honrosa, conquistado pela Secretaria da Assistência Social com o Programa “CRAS Itinerante” – Cidadania para Todos.

continua após publicidade

Tradicionalmente realizada ao final de cada ano em cerimônia coletiva na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), a entrega da premiação precisou ser cancelada devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Com isso, os troféus e certificados estão sendo agora repassados aos municípios em solenidades locais. “Apucarana já figura com destaque junto ao Prêmio Gestor Público Paraná, tendo obtido premiações em várias edições a partir do ano de 2.016”, lembrou o auditor Reginaldo de França, salientando que no ato estavam representando o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep), Osmar de Araújo Gomes, e o coordenador-geral do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), Laerzio Chiesorin Júnior.

Promovido pelo Sindafep, o Prêmio Gestor Público Paraná conta ainda com envolvimento da ALEP, OAB-PR e Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) e tem como intuito valorizar projetos de administração pública que sejam inovadores, criativos e que tragam desenvolvimento para a sociedade de forma a melhorar da vida dos cidadãos. “Hoje, como todos estamos acompanhando, vivemos a cultura do “hater” (odiador), e este prêmio faz exatamente o contrário, reconhece e divulga as coisas boas que as gestões públicas estão realizando em benefício da população e que podem ser replicadas em todas as realidades”, pontuou o auditor fiscal José Américo. De acordo com ele, todas as iniciativas premiadas e certificadas ao longo das nove edições compõem um banco de dados disponível na internet e que podem ser consultadas a qualquer tempo por gestores de todo o país.

continua após publicidade

Ao receber as premiações, o prefeito Júnior da Femac enalteceu a iniciativa do Sindafep. “Os auditores fiscais são servidores que fiscalizam o dinheiro que entra e sai dos cofres públicos. Poderiam muito bem ficar na deles, mas decidiram ir além. Com o Prêmio Gestor Público Paraná estão reconhecendo e divulgando ideias, trabalhos, projetos e muitas outras ações positivas replicáveis, possibilitando que outros gestores possam fazer mais em prol das pessoas de seu município”, analisou o prefeito Júnior da Femac.Após realizar um breve resumo das iniciativas reconhecidas neste ano, Júnior agradeceu ao olhar técnico da comissão julgadora.

“Problema precisa ser enfrentado. Quando não se enfrenta, ele só cresce, e é isso que falta para o Paraná, para o Brasil. Pessoas que façam mais e que inovem, sobretudo na gestão pública. Outro ponto importante é a corrupção zero. Quando não há corrupção, o dinheiro é aplicado de forma a fazer verdadeiramente a diferença positiva na vida das pessoas”, reforçou o prefeito de Apucarana.Aproveitando a presença dos vereadores Franciley Poim (presidente da Câmara), Jossuela Pirelli, Toninho Garcia, Rodrigo Liévore (Recife) e Luciano Facchiano, Júnior da Femac também falou da importância do legislativo municipal. “Todas as iniciativas premiadas não seriam possíveis de serem realizadas não fosse o trabalho dos vereadores, que constituem o poder que aprova ou não o orçamento público”, lembrou.

Essa não foi a primeira vez que as ações de Apucarana foram reconhecidas pelo Prêmio Gestor Público Paraná. “Programas como o Terra Forte (agricultura), Biblioteca Itinerante (educação), Implantodontia (Saúde) e a Economia solidária (Secretaria da Mulher) já haviam sido reconhecidos e premiados em edições anteriores”, lembrou Júnior da Femac.

continua após publicidade

As iniciativas – O Programa Apucarana Mais Verde foi reconhecido pela consolidação de serviços públicos voltados para a destinação ambiental adequada de resíduos sólidos, com destaque aos resíduos da indústria têxtil, pneus usados, móveis e inservíveis domésticos, bem como a coleta seletiva do lixo domiciliar.

Já a proposta do “CRAS Itinerante” faz uma busca ativa constante para assegurar os direitos das famílias em situação de vulnerabilidade social. Assistentes sociais de três Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) percorrem bairros, vilas e até zona rural para atender famílias que precisam de orientação e ajuda.

Tags relacionadas: #Apucarana #Meio Ambiente