Apucarana

Garota vende latinhas na busca pelo sonho de ser miss; assista

Da Redação ·

Com apenas 10 anos, a apucaranense Maria Eduarda da Silva resolveu juntar latinhas para realizar seu grande sonho: ser uma Miss Brasil. A criança conta com a ajuda dos pais que, aos finais de semana, percorrem os bairros do município em busca de latinhas que serão vendidas e o valor destinado para os custos do concurso. 

continua após publicidade

Maria Eduarda foi eleita Miss Infantil CDM Apucarana em fevereiro. A criança foi descoberta por acaso, em um supermercado, chamando a atenção de Marcos dos Santos, que trabalha como coreógrafo de misses. “Eu estava andando pelas gôndolas e vi a Maria Eduarda desfilando no mercado. Eu achei ela supertalentosa e já fui conversar com os pais dela na mesma hora. Em novembro, ela participou de uma seleção com mais 34 meninas, ficando entre as 10 mais bem colocadas e, em fevereiro, foi eleita miss” disse ele.

O coreógrafo afirma que, com o adiamento da etapa nacional do concurso, a família ganhou mais tempo para arrecadar dinheiro e viabilizar a participação de Maria Eduarda. “O concurso com representantes de todo o Brasil iria acontecer em abril, mas a mãe dela tinha me falado que a filha não poderia ir até Curitiba participar por questões financeiras. Só que a pandemia mudou a data e, agora, existe essa grande oportunidade. Se ela ganhar, vai para o Peru disputar o Miss Universo”, destaca.

continua após publicidade

Foi então que surgiu a ideia. A criança disse para os pais que queria muito participar do concurso e que, para ajudar nas despesas, iria juntar latinhas e vender. “Eu e o meu marido trabalhamos em casa com costura, não temos condições de arcar todos os custos. São no mínimo R$ 5 mil. Então ela veio com a ideia de juntar e vender as latinhas. Faz um mês que, em todo final de semana, saímos em busca de latinhas”, detalha a mãe, Rosana Maria de Oliveira.

A costureira fica emocionada ao lembrar do sonho da filha, que agora também é o de toda a família. “Com cinco anos ela já brincava de desfilar pela casa, falava que seria ser modelo, mas nunca pensei que iria acontecer tudo isso. Eu não esperava, mas agora estamos lutando pelo sonho dela. Não vamos desistir, vamos dar um jeito. O vestido que ela usou no concurso de miss em Apucarana foi feito de plástico”, ressalta.

Maria Eduarda conta que não ficou com vergonha de sair pelas ruas pegando latinhas e que está muito feliz por ir em busca de seu sonho. “Eu quero participar do concurso, quero ser ainda miss internacional. Estou muito feliz, vou continuar juntando latinhas para vender e isso me faz feliz”.

continua após publicidade

A família está recebendo doações de latinhas, que podem ser entregues na casa da família, na Rua Benvindo Domingos, região do Projeto Agrícola em Apucarana, Paraná. É possível também entrar em contato com a família através do fone: (43) 99837- 2540. 

Assista a reportagem com  a família: 

Garota vende latinhas na busca pelo sonho de ser miss; assista - Vídeo por: Reprodução  

continua após publicidade

 Duda e seu vestido de plástico  fonte: Arquivo pessoal
Duda e seu vestido de plástico

 (Duda e seu vestido de plástico) 

 Duda e os pais fonte: Vitor Flores - TNOline
Duda e os pais
continua após publicidade

Garota vende latinhas na busca pelo sonho de ser miss; assista fonte: Vitor Flores - TNOline

Garota vende latinhas na busca pelo sonho de ser miss; assista fonte: Vitor Flores - TNOline



Tags relacionadas: #Apucarana #LATINHA #miss #Sonho