Apucarana

Filme gravado em Apucarana será lançado dia 28 de maio

Ator e cineasta apucaranense, Semi Salomão, confirma data para a sessão première do filme “A última locadora”

Da Redação ·
Semi Salomão, ator e diretor de cinema, de Apucarana
fonte: Reprodução Arquivo pessoal
Semi Salomão, ator e diretor de cinema, de Apucarana

Uma pandemia depois, finalmente vai ser apresentado ao público de Apucarana o filme “A Última Locadora”, do ator e cineasta Semi Salomão. A première do filme, em sessão exclusiva para convidados, vai ser no dia 28 de maio, no Cine Teatro Fênix.

continua após publicidade

O filme foi basicamente gravado em Apucarana. “Acho que 90% do filme foi gravado aqui na cidade”, diz o diretor de cinema, que já tem no currículo sucessos como A Bruxa do Cemitério. As últimas gravações do “A Última Locadora” haviam sido concluídas no início de 2020, quando o mundo foi surpreendido pela pandemia e todas as produções foram paralisadas e os cronogramas afetados. A ideia, conta Semi Salomão, era lançar o filme ainda em 2020. “Mas chegou a hora”, diz. O filme, que trabalha todo um saudosismo dos anos finais da década de 1980 e dos anos 1990, fala da época em que as pessoas ficavam numa “fila de espera” nas locadoras, esperando para ver os mais recentes lançamentos do cinema. Também fala dos videogames, já presentes na vida dos jovens da época, e que depois também tiveram um auge nas locadoras.

O “A última locadora”, explica o diretor, foi gravado inclusive com câmeras antigas, da década de 80, como forma de preservar a identidade estético-visual da época. Também traz imagens de uma pedreira em Apucarana e até recupera imagens reais da extinta e famosa Boate Cogumelus.

continua após publicidade

A peça cinematográfica está em fase final de edição. Deve ficar com aproximadamente 80 minutos e traz um elenco de 30 atores de Apucarana e de Curitiba, alguns com destaque no cenário nacional, como é o caso da atriz Isadora Ribeiro, que faz uma participação no filme. Uma negociação da equipe de produção tenta viabilizar a vinda da atriz para a première em Apucarana, dia 29 de maio.

Semi Salomão explica que basicamente se valeu de recursos próprios para produzir e gravar o filme. “Pude contar com a ajuda de algumas pessoas, de algumas empresas, mas usei mesmo os recursos próprios”, diz. Ele usou muito do acervo pessoal e de sua coleção de antiguidades para reconstituir um cenário de locadora de filmes dos anos 80.