Apucarana

Família pede ajuda para menina de Apucarana com crises convulsivas

Hadassa Jemina Gomes França, de 4 anos, começou a ter convulsões quando tinha 6 meses

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Além das crises convulsivas, a garota também tem a forma mais grave do Transtorno Espectro Autista
fonte: Arquivo pessoal
Além das crises convulsivas, a garota também tem a forma mais grave do Transtorno Espectro Autista

A família de Hadassa Jemima Gomes França, de 4 anos, procurou a equipe de reportagem do TNOnline para pedir ajuda da comunidade para conseguir pagar tratamentos e medicações para a criança de Apucarana. A menina começou a ter crises convulsivas com seis meses e desde então precisa de cuidados especiais. 

continua após publicidade

"Ela anda bem pouco, não fala e não se alimenta sozinha. A Hadassa precisa de auxílio o tempo todo por conta das convulsões. Além disso, ela toma diversos remédios caros, usa fralda e frequenta sessões de fonoaudióloga e terapia ocupacional", relata a avó Sônia. 

Além das crises convulsivas, a garota também tem a forma mais grave do Transtorno Espectro Autista. "A Hadassa não tem controle dos movimentos. Esses dias, em meio a uma crise, ela quebrou os dentinhos da frente. Muito difícil. Ela sofre e a gente sofre. Só Deus para nos dar força", lamenta.

continua após publicidade

A apucaranense, segundo a avó, passa por tratamentos no Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, e recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC). No entanto, todo o dinheiro vai para a compra de remédios. "A família dela precisa de alimentos também. Situação bem complicada", afirma. 

Quem quiser colaborar com a família de Hadassa é só entrar em contato com a avó pelo WhatsApp (43) 99976-5518. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News