Apucarana

Família de Apucarana pede ajuda para trazer corpo de mulher

Eliana dos Santos Teixeira, morreu aos 45 anos, carbonizada na própria casa, em Jaguariaíva, nos campos gerais do Paraná

Da Redação ·

Uma família de Apucarana pede ajuda para arrecadar dinheiro e trazer o corpo de Eliana dos Santos Teixeira, que morreu aos 45 anos, carbonizada na própria casa, em Jaguariaíva, nos campos gerais do Paraná. 

continua após publicidade

A irmã dela, Edileuza Aparecida dos Santos Teixeira, que mora em Apucarana, contou que Eliana morreu no dia 16 e o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal, IML, de Ponta Grossa. "Nós todos somos de família humilde, minha irmã morava com o marido, o que eu sei, é que ele saiu para vender um cavalo, e eles tinham um fogão a lenha, o fogo se alastrou e minha irmã estava dormindo no sofá, ela morreu carbonizada", detalha.

A família tem dois dias para arrecadar em torno de três mil reais. "Hoje para tudo tem um custo, e não temos esse dinheiro, precisamos pagar para trazer o corpo, para ter um caixão, estou vendo o terreno para ajudar, estamos passando por momentos difíceis e por isso pedimos ajuda. Como ela foi carbonizada não podemos fazer reconhecimento, entrei na defensoria pública e pedi para o Juiz para trazer ela embora, tenho certeza que é ela, mesmo sem o reconhecimento e o Juiz libera em dois dias o corpo dela. Fui pra lá, com carro emprestado, para resolver tudo isso e agora o Juiz tem dois dias para liberar o corpo e precisamos ter esse dinheiro", explica Edileuza. 

continua após publicidade

Quem quiser colaborar com a família, basta entrar em contato com a irmã da vítima, Edileuza pelo telefone: (43) 99934-2862 ou realizar uma doação via Pix para Leandro Santos Teixeira. PIX: 04791504941