Apucarana

Evento de enfrentamento à violência sexual é realizado em Apucarana

O prefeito de Apucarana ressaltou a importância de debater o tema; veja

Da Redação ·

Nesta quinta-feira (7), acontece em Apucarana, a oficina intersetorial de enfrentamento à violência sexual. O evento, realizado no Cine Teatro Fênix, reúne trabalhadores da saúde, educação, assistência social, militares além da presença da chefe do escritório regional da secretaria da Justiça, Família e Trabalho, Márcia Souza. O procurador da república da regional de Londrina Raphael Otávio Bueno Santos, destacou a importância do evento. 

continua após publicidade

"É muito importante esse encontro regional, para que seja estabelecido um fluxo de atendimento as vitimas de violência sexual em toda nossa região, nós sabemos que Apucarana é um polo regional, as vítimas chegam em Apucarana, esse deslocamento, atendimento nos municípios até Apucarana deve ser feito da melhor maneira possível, então é importante a organização desse fluxo para melhorar o atendimento a vítima que já esta fragilizada com a  violência extremamente grave, e a vítima espera do poder publico o atendimento adequado, é preciso definir atribuição de cada um, melhor atendimento e treinamento dos profissionais da saúde", explica. 

O chefe da 16º Regional de Saúde, Marcos Costa, disse que o principal objetivo do encontro é definir melhores estratégias para o atendimento às vítimas. "Nosso objetivo é tratar o fluxo do atendimento da pessoa que sofre a violência sexual, vamos trabalhar para que cada município elabore seu fluxo, chamamos todas as instituições envolvidas no atendimento às pessoas que sofrem violência, para que possamos justos discutir esse fluxo e trabalhar da melhor maneira. Nesta quinta estaremos reunidos, debatendo, conversando, com apresentações, tratando sobre o tema de proteção de violência sexual contra pessoa", explica Marcos Costa, chefe da 16º RS.

continua após publicidade

O prefeito de Apucarana ressaltou a importância do debate. "Estamos saindo da pandemia, praticamente dois anos de confinamento, restrições, muitas pessoas a mercê de atos de violência, é fundamental essa iniciativo do Estado, essa reunião com o pessoal da saúde, educação, secretaria da Justiça, Família e Trabalho, para que juntos definam um cronograma intensificar as ações de violência sexual. Em Apucarana tem um grande trabalho de combate a violência sexual, estamos trabalhando muito para garantir que todos tenham dignidades e não sejam expostos a essa violência. Estamos participando do evento com a assistência social,  da saúde, da Guarda Municipal, onde criamos a patrulha Maria da penha, estamos todo mundo trabalhando juntos para combater, coibir a violência sexual", comenta. 

A vereadora Jossuela Pirelli e presidente da Procuradoria da Mulher, também participou do evento. "É muito importante ressaltar esse tema a violência contra as mulheres  é muito forte, a mulher sobre violência sexual em qualquer idade e nível social. Estamos reunidos aqui pois é um momento para refletir, montar politicas públicas para as mulheres, é um momento que desenvolvermos ações, reflexões para colhimento e proteção as mulheres", ressalta.  ASSISTA:    null - Vídeo por: Reprodução