Apucarana

Escola Fernando José Acosta é alvo de furto e vandalismo em Apucarana

Escola Fernando José Acosta é alvo de furto e vandalismo

Da Redação ·

A Escola Municipal Fernando José Acosta, localizada no Residencial Sumatra, zona leste de Apucarana, foi alvo de furto e vandalismo por três vezes na última semana. De acordo com a Autarquia Municipal de Educação (AME), os fatos foram registrados na segunda-feira (27), na terça-feira (28) e no domingo (2). As câmeras de segurança registraram as ações e as imagens foram repassadas à polícia.

continua após publicidade

“Em duas das ocasiões, vândalos entraram na escola e depredaram a quadra esportiva, o vestiário masculino e a arquibancada, derrubaram parte do muro traseiro, danificaram refletores, calhas, hidrantes, corrimões e portões metálicos, além de quebrarem muitas telhas de vários ambientes do prédio. Em outro dia, ladrões entraram e furtaram os cabos de aço do para-raios,” detalhou a secretária municipal de educação, Marli Fernandes.

O prefeito Junior da Femac conversou com as autoridades policiais e pediu celeridade na investigação. “Eu estou indignado porque são pessoas da própria comunidade que estão depredando e roubando a escola, a qual beneficia crianças com idades entre quatro e onze anos. O Conselho Tutelar também foi acionado, pois acreditamos que menores estejam envolvidos no vandalismo,” disse.

continua após publicidade

A AME ainda está contabilizando o prejuízo registrado na Escola Fernando José Acosta. “As equipes da educação e do pátio de máquinas da prefeitura estão realizando uma força-tarefa para recolher os entulhos e limpar o prédio. Para consertar tudo o que foi danificado e furtado, nós precisaremos fazer um processo licitatório. Por isso, é difícil prever o valor a ser investido,” acrescentou a secretária.

Os 24 centros infantis e 35 escolas da rede municipal de Apucarana possuem câmeras de segurança e são monitorados através de rondas regulares, feitas por uma empresa de vigilância patrimonial. “Para evitar que novos casos de vandalismo e furto aconteçam, eu solicitei à empresa que mantenha vigias na escola do Residencial Sumatra, durante as vinte e quatro horas do dia, inclusive nos finais de semana,” afirmou o prefeito.