Apucarana

Em coma há 22 dias, moradora de Apucarana precisa de doação de sangue

Cleuzenilda Santana Alves, de 60 anos, precisa de ajuda para continuar enfrentando a 'batalha' que começou por conta do diabetes

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Cleuzenilda Santana Alves, de 60 anos, em coma induzido há 22 dias, precisa de ajuda
fonte: Arquivo pessoal
Cleuzenilda Santana Alves, de 60 anos, em coma induzido há 22 dias, precisa de ajuda

No Dia Mundial do Doador de Sangue, a moradora de Apucarana, Cleuzenilda Santana Alves, de 60 anos, em coma induzido há 22 dias, precisa de ajuda para continuar enfrentando a 'batalha' que começou por conta do diabetes. 

continua após publicidade

Quem procurou a equipe do TNOnline foi a irmã dela, Marli Espanhol, que contou que Cleuzenilda está internada há 70 dias no Hospital do Norte Paranaense (Honpar). "Ela amputou um pedaço do pé em novembro e depois deste período o quadro de saúde foi complicando. Ela sofreu sete paradas cardíacas. É um sofrimento. Ela sempre foi trabalhadora e ajudou todo mundo", acrescenta. 

Marli disse que a equipe que pediu as doações não especificou o tipo sanguíneo. "O Hemonúcleo não especificou o tipo de sangue. Todas as doações são encaminhadas para os pacientes do hospital. Quem puder, é só entrar em contato comigo ou com o hemocentro de Apucarana", ressalta.  

continua após publicidade

Serviço

WhatsApp Marli - (43) 9 9928-2883

Hemonúcleo de Apucarana - (43) 3420-4200

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News